A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: É falso que promotor ‘mandou prender’ adolescente que atirou em garimpeiro no MT

Repórter | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
03.out.2019 | 16h03 |

Circula nas redes sociais que um promotor de Alta Floresta, em Mato Grosso, “mandou prender” a adolescente de 12 anos que atirou contra um garimpeiro que tentava invadir sua casa, no mesmo município. Segundo o texto, o promotor alegou “excesso de legítima defesa”. Por meio do projeto de verificação de notícias, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

“Promotor manda prender garota de 12 anos que atirou em invasor de sua fazenda”
Texto publicado pelo site Painel Central que, até as 15h30 do dia 3 de outubro, tinha sido compartilhado por 8,3 mil pessoas

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. Segundo o Ministério Público de Mato Grosso, a menina não foi apreendida. Ela foi chamada para prestar depoimento. “Um procedimento foi aberto para apurar o caso e só depois que for concluído é que será encaminhado à 2ª Promotoria de Justiça Cível de Alta Floresta para manifestação. Portanto, não existe nenhuma manifestação ministerial ou decisão judicial sobre o caso”, diz a nota.

O site responsável pela publicação do conteúdo falso, chamado Painel Central, publicava somente textos sobre astronomia copiados de outros veículos antes de veicular essa história. Depois, publicou uma notícia duvidosa sobre um torcedor do Grêmio que teria trocado a mulher por um ingresso para a semi-final da Libertadores.

A foto utilizada para ilustrar a “reportagem” é de abril deste ano e foi publicada no site Seles Nafes, do Amapá. A foto mostra uma adolescente de 15 anos apreendida por aplicar golpes em Macapá.

A história falsa foi compartilhada no Twitter pelo procurador Ailton Benedito, indicado para chefiar a Secretaria de Direitos Humanos da Procuradoria Geral da República, no dia 1º de outubro. Após receber, pelo menos, 235 retuítes, Benedito apagou o conteúdo.

Essa informação também foi verificada pelo site Boatos.org.

Nota: esta reportagem faz parte do projeto de verificação de notícias no Facebook. Dúvidas sobre o projeto? Entre em contato direto com o Facebook

Editado por: Natália Leal

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo