A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: É montagem capa do jornal O Globo sobre mortes causadas pela PM em Manaus

Repórter | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
01.nov.2019 | 17h49 |

Circula pelas redes sociais uma imagem que mostra uma suposta capa do jornal O Globo. Nela, o veículo traz a seguinte manchete: “Atrocidade da polícia em Manaus matam (sic) 17 jovens estudantes da zona sul”. A legenda que acompanha a foto critica o termo estudante utilizado no título como referência às vítimas. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da ​Lupa​:


“Atrocidade da polícia em Manaus matam 17 jovens estudantes da zona sul”
Publicação no Facebook que, até às 16h do dia 1º de novembro de 2019, tinha sido compartilhada por mais de 100 pessoas

FALSO

A imagem analisada pela Lupa é uma montagem. Na realidade, a morte das 17 pessoas durante uma ação da Polícia Militar (PM) em Manaus, no Amazonas, não foi noticiada na capa do jornal O Globo. O caso aconteceu na madrugada do dia 30 de outubro.

No dia da ação da PM, a manchete do jornal foi a redução de dívidas das empresas. O veículo também deu destaque ao depoimento de um dos porteiros do condomínio Vivendas da Barra, que ligou o nome do presidente Jair Bolsonaro (PSL), morador do local, ao caso do assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ) e do motorista Anderson Gomes. 

Na quinta-feira (31), o jornal destacou em sua capa a queda da taxa básica de juros e a contradição do depoimento do porteiro do condomínio de Bolsonaro com os áudios periciados. Já na sexta-feira (1º), colocou como manchete a sugestão do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) de se fazer um “novo AI-5” caso haja grandes manifestações contra o governo como as que ocorreram no Chile recentemente. 

Em seu site, o Globo publicou uma reportagem falando sobre o caso do Amazonas com o título “Ação com 17 mortos em Manaus expõe letalidade das polícias do país” . Nela, o veículo utilizou os termos “pessoas” e “vítimas” para descrever aqueles que foram mortos pelos policiais em Manaus. 

Nota: esta reportagem faz parte do projeto de verificação de notícias no Facebook. Dúvidas sobre o projeto? Entre em contato direto com o Facebook

 

Editado por: Chico Marés e Maurício Moraes

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

A Lupa está infringindo esse código? Clique aqui e fale com a IFCN

 

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo