A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

Verifica T1-EP11: onda de desinformação no novo capítulo do caso Marielle

| Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
06.nov.2019 | 19h07 |

Na última semana, um novo capítulo no Caso Marielle resultou em uma enxurrada de informações falsas sobre o assunto. Os boatos começaram a circular após o Jornal Nacional divulgar uma reportagem na terça-feira (29), informando que um porteiro do condomínio Vivendas da Barra teria relatado, em um depoimento à Polícia Civil, que o ex-PM Élcio Queiroz, um dos acusados do assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ) e do motorista Anderson Gomes, teria entrado no condomínio, na noite do crime, com uma autorização da casa 58, de propriedade do presidente Jair Bolsonaro.

No episódio 11 do Verifica, os jornalistas Gilberto Scofield Jr. e Natália Leal falam sobre os conteúdos falsos que circularam nas redes a partir dessa reportagem. Eles comentam, entre outros temas, sobre uma foto que supostamente mostrava o porteiro do condomínio Vivendas da Barra com adesivos da ex-presidente Dilma Rousseff. 

Dos Estados Unidos, a fundadora da Lupa e diretora-adjunta da International Fact-Checking Network (IFCN), Cristina Tardáguila, fala sobre o TikTok, o aplicativo de mídia social que permite criar e compartilhar vídeos curtos de música com sincronização labial. Tardáguila conta como esse aplicativo se tornou um caldeirão político, com muitas informações falsas. E a repórter Nathália Afonso esclarece um boato que diz que o bicarbonato de sódio pode curar o câncer. Ouça o podcast:

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo