A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: Shopping em Santos não excluiu vermelho de decoração natalina em protesto contra esquerda

Repórter | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
22.nov.2019 | 16h24 |

Circula nas redes sociais um vídeo que mostra um shopping decorado para o natal. A gravação foi feita por um homem que diz que, segundo um segurança do estabelecimento, o shopping teria deixado de usar o vermelho em protesto contra o ex-presidente Lula. Além disso, a legenda que acompanha o vídeo diz que o registro é do shopping Praiamar, em Santos, São Paulo. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da ​Lupa​:

“#DECORAÇÃO #NATAL SEM #VERMELHO #PROTESTO. A direção do Shoping Praia Mar em Santos, litoral de SP, em razão ao protesto que alguns dos comércios estão realizando contra certas classes e certos políticos, assim também como protesto a emissoras de tv, jornais e revistas de grupos jornalisticos de esquerda, baniu o vermelho da decoração natalina esse ano. A dúvida é: QUAL SERÁ A COR DA ROUPA DO PAPAI NOEL? E você, o que acha da idéia? Fora vermelho?”
Vídeo publicado no Youtube que, até as 17h do dia 22 de novembro de 2019, tinha sido visualizado mais de 14 mil pessoas

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. O vídeo que circula pelas redes, de fato, é do shopping Praiamar, em Santos (SP). Porém, a assessoria da empresa informa que o vermelho não foi excluído da decoração por motivos políticos. Em nota, a assessoria do shopping destacou que “não há e nem nunca houve partidarismo em qualquer campanha ou ação desenvolvida em seus 19 anos de história”.

A assessoria do shopping disse, ainda, que a escolha da decoração para este ano foi pensada “na responsabilidade em que o shopping tem para com o meio ambiente, cujas ações sustentáveis estão presentes de diversas maneiras, bem como em seu consumidor”. As cores utilizadas na campanha são o verde e o dourado.

Nota: esta reportagem faz parte do projeto de verificação de notícias no Facebook. Dúvidas sobre o projeto? Entre em contato direto com o Facebook

Editado por: Chico Marés

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo