A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: Fotos de tempestade na Austrália são antigas e não têm relação com incêndios recentes

Repórter | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
07.jan.2020 | 15h47 |

Circula nas redes sociais fotos de uma tempestade e de terrenos alagados na Austrália. Na legenda, é dito que “tudo está alagado” e que “cangurus pulam alegremente completamente molhados”. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da ​Lupa​:

“Nuvens enormes se formam sobre a Austrália e nesse momento tudo está alagado (…)”
Legenda que acompanha galeria de fotos que, até às 15h do dia 7 de janeiro de 2020, tinha compartilhada por mais de 700 pessoas no Facebook

FALSO

A imagem analisada pela Lupa é antiga. A foto, tirada na cidade de Sidney, é de uma tempestade que atingiu a região sudeste da Austrália em novembro de 2015. Ela é creditada ao fotógrafo australiano Richard Hirst, e foi publicada em reportagens da época (aqui e aqui). Portanto, esse registro não tem qualquer relação com os eventos que acontecem recentemente no país.

Desde setembro, a Austrália passa por uma série de incêndios florestais considerados os piores da história do país. Cerca de 48,5 mil km² de florestas pegaram fogo nos últimos meses, e quase mil casas foram destruídas somente no estado de New South Wales, onde fica Sidney. Mais de 20 pessoas morreram.  A fumaça do incêndio já atingiu outros países como Argentina e Chile

Nos últimos dias, choveu moderadamente nos estados de New South Wales e Victoria, o que, de fato, amenizou as queimadas. Em alguns pontos da região, houve registro de chuvas fortes. Entretanto, ainda há focos ativos e a visibilidade em Melbourne é inferior a 1 km por causa da fumaça. Além disso, a previsão é de tempo seco e temperaturas altas a partir de sexta-feira.

Segundo o Escritório de Meteorologia da Austrália (BOA, da sigla em inglês), nas últimas 24 horas há registro de chuvas leves no sudeste do país, e chuvas moderadas e fortes no estado de Queensland, também afetado pelos incêndios. Há, ainda, um ciclone tropical na região noroeste do país, no estado da Austrália Ocidental.


“Gratidão Deus por absolutamente tudo!!Gratidão por essa providência divina que foi concedida a todo ser vivente da Austrália!!”
Legenda que acompanha galeria de fotos que, até às 15h do dia 7 de janeiro de 2020, tinha compartilhada por mais de 700 pessoas no Facebook

FALSO

A foto analisada pela Lupa é antiga e não tem relação com eventos recentes que estão acontecendo na Austrália. A imagem que circula é uma captura de tela de uma reportagem do programa Hora 1, da Rede Globo, de fevereiro de 2019. Na ocasião, o excesso de chuvas no estado de Queensland, no nordeste da Austrália, forçou a abertura das comportas de uma represa local.


“(…) alguns cangurus estão pulando alegremente,completamente molhados!”

Legenda que acompanha galeria de fotos que, até às 15h do dia 7 de janeiro de 2020, tinha compartilhada por mais de 700 pessoas no Facebook

FALSO

A imagem analisada pela Lupa é antiga. Uma busca no Google Imagens mostra que a foto aparece em uma plataforma de venda de fotografias chamada Dreamstime. A fotógrafa Hella Brandenburger registrou a cena e a publicou por meio de sua conta no site, no perfil Hel080808. Em resposta à Lupa, ela afirmou que a imagem foi feita há vários anos, possivelmente em 2012. “Definitivamente não é da chuva dos últimos dias”, afirmou.

Atualização feita às 10h45 do dia 8 de janeiro de 2020: Foram incluídas as informações sobre a terceira foto, que mostra um canguru molhado. 

Nota: esta reportagem faz parte do projeto de verificação de notícias no Facebook. Dúvidas sobre o projeto? Entre em contato direto com o Facebook

Editado por: Chico Marés

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo