A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

Verifica T01-EP20: água do Rio de Janeiro está contaminada, mas por desinformação

| Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
22.jan.2020 | 17h05 |

Desde o início do mês, os moradores do Rio de Janeiro relatam que a água distribuída pela Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro (Cedae) apresenta turbidez, gosto de terra e odor diferente. A crise na água resultou em uma onda de desinformação sobre o assunto nas redes sociais e no Whatsapp. 

No episódio desta semana, os jornalistas Gilberto Scofield e Natália Leal debatem dois áudios que circularam no Whatsapp sobre a água da Cedae. O primeiro era atribuído a um especialista da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), que teria informado que a água estaria com coliformes fecais. O outro teria sido gravado pela “esposa de um pesquisador da Fiocruz”, que teria confirmado que a água estaria com um vírus. 

Embora a tensão entre os Estados Unidos e o Irã tenha diminuído nos últimos dias, o recente embate entre esses dois países continua a gerar informações falsas. Os apresentadores do Verifica desmentem alguns boatos sobre o assunto, entre eles um post que circula pelas redes sociais que diz que o ex-deputado Jean Wyllys teria defendido o casamento de muçulmanos com meninas menores de 10 anos. 

A fundadora da Lupa e diretora-adjunta da International Fact-Checking Network (IFCN), a jornalista Cristina Tardáguila, comenta sobre a estrutura jurídica, tecnológica e profissional que tem sido montada para combater a ameaça crescente da desinformação. E no quadro de saúde, a repórter Nathália Afonso esclarece mitos e verdades sobre a hanseníase, doença que antigamente era conhecida como lepra.

Ficha técnica

O Verifica é uma produção da Agência Lupa, em parceria com Colmeia Podcast

Apresentação: Gilberto Scofield Jr. e Natália Leal

Produção e reportagem: Equipe Lupa

Roteiro e edição: Colmeia Podcast

Sugestões e dúvidas? Fale conosco no lupa@lupa.news

Editado por: Natália Leal e Nathália Afonso

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo