A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: É falso que pastelaria de Volta Redonda foi fechada por vender produtos com carne de cachorro

Repórter | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
03.fev.2020 | 18h33 |

Circula nas redes sociais um post com a afirmação de que uma pastelaria chinesa no interior do Rio de Janeiro foi fechada por vender pastéis com carne de cachorro. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da ​Lupa​:

“Em volta redonda foi descoberto feito pastel com carne de CÃES. Absurdo!! Vamos eles bem famosos”
Legenda de galeria de fotos no Facebook que, até as 18h do dia 3 de fevereiro, tinha sido compartilhada por 566 pessoas

FALSO

As imagens analisadas pela Lupa não são de Volta Redonda, e sim de uma pastelaria no município de Bom Jesus do Itabapoana. As duas cidades ficam no interior do Rio de Janeiro, mas em pontos opostos do estado. Embora as fotos sejam verídicas, a carne mostrada em uma das imagens não é de cachorro, segundo a Vigilância Sanitária do município.

Usando o Google Maps, é possível confirmar que o estabelecimento que aparece nas fotos é a Pastelaria do Chen, em Bom Jesus do Itabapoana. O município fica na região de Itaperuna, e está situado na fronteira com o Espírito Santo.

 

A prefeitura de Bom Jesus de Itabapoana confirmou, em nota publicada em sua página oficial no Facebook, que a pastelaria foi, de fato, fechada pela Vigilância Sanitária. Entretanto, o motivo alegado foi falta de documentação. A suposta carne de cachorro era, na verdade, apenas carne seca. Segundo a própria prefeitura, o estabelecimento deve ser reaberto assim que regularizar sua situação. Embora a prefeitura não mencione o nome da pastelaria, um blog local confirmou que se tratava da Pastelaria do Chen.

Nota:‌ ‌esta‌ ‌reportagem‌ ‌faz‌ ‌parte‌ ‌do‌ ‌‌projeto‌ ‌de‌ ‌verificação‌ ‌de‌ ‌notícias‌‌ ‌no‌ ‌Facebook.‌ ‌Dúvidas‌ sobre‌ ‌o‌ ‌projeto?‌ ‌Entre‌ ‌em‌ ‌contato‌ ‌direto‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌‌Facebook‌.

Editado por: Maurício Moraes

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo