A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados
Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

#Verificamos: Maia não disse que tem poder de acabar com manifestação contra o Congresso

Repórter | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
06.mar.2020 | 16h22 |

Circula nas redes sociais uma frase atribuída ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), na qual ele diz que tem o poder de “acabar com qualquer manifestação que atinja o Congresso”. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da ​Lupa​:

“Eu tenho poder de acabar com qualquer manifestação que atinja o Congresso Nacional, não teste minha paciência”
Frase atribuída ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), em imagem publicada no Facebook que, até as 16h do dia 6 de março de 2020, tinha sido compartilhada por 4,5 mil pessoas

FALSO

A frase analisada pela Lupa não foi dita publicamente pelo presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Não é possível encontrar esta declaração em publicações da revista Veja, citada na imagem como o veículo que divulgou a frase atribuída à Maia. Essa fala do deputado federal também não aparece em qualquer outro órgão de imprensa, nas notas taquigráficas da Câmara ou nas redes sociais do deputado federal.

A assessoria de imprensa da presidência da Câmara dos Deputados negou que Maia tenha feito essa declaração. “O direito à manifestação é garantido pela Constituição brasileira, e o presidente Rodrigo Maia sempre o respeitou. Como democrata, ele considera que a população tem todo o direito de expressar sua opinião e defende que a Câmara, como sendo a casa de todos os brasileiros, está pronta para receber críticas e sugestões que permitam melhorar as leis brasileiras e fortalecer nossa democracia”, diz nota enviada pela assessoria.

Nota:‌ ‌esta‌ ‌reportagem‌ ‌faz‌ ‌parte‌ ‌do‌ ‌‌projeto‌ ‌de‌ ‌verificação‌ ‌de‌ ‌notícias‌‌ ‌no‌ ‌Facebook.‌ ‌Dúvidas‌ sobre‌ ‌o‌ ‌projeto?‌ ‌Entre‌ ‌em‌ ‌contato‌ ‌direto‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌‌Facebook‌.

Editado por: Nathália Afonso

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo