A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

Foto: Nelson Jr./SCO/STF
Foto: Nelson Jr./SCO/STF

#Verificamos: É falso que Barroso defendeu participação de Bolsonaro em manifestações

Editor | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
17.mar.2020 | 16h50 |

Circula nas redes sociais que o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso “saiu em defesa” do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), após ele ter sido criticado por participar de uma manifestação no último domingo (15), em Brasília. O ato pedia o fechamento do Congresso e do STF em Brasília. Bolsonaro tinha sido orientado por médicos a ficar em isolamento após ter contato com pessoas diagnosticadas com Covid-19, mas esteve na manifestação mesmo assim. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da ​Lupa​:

“Ministro Luis Roberto Barroso sai em defesa de Bolsonaro e do povo brasileiro após manifestações: ‘Um grande líder de uma grande Nação’”
Título de texto publicado pelos sites Mídia Five, Blog do Antonio Morais e Política News que, até as 16h do dia 17 de março de 2020, tinha sido compartilhado por mais de 25 mil pessoas no Facebook

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. Em vídeo, Barroso negou ter dado qualquer declaração sobre este assunto. “Essas informações são completamente falsas. Eu jamais me posicionei sobre esse assunto. Como ministro do STF, o foco da minha atenção é a defesa das instituições democráticas e a proteção dos direitos fundamentais. Eu não falo sobre varejo político”, diz o ministro na gravação, que foi compartilhada pelos perfis do STF e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no Twitter.

Barroso fez, ainda, um alerta sobre a divulgação de notícias falsas. “A propósito de fake news, é preciso ter cuidado ao disseminá-las, é preciso conferir a autenticidade das informações, senão o mundo vai ser dominado pelas pessoas incorretas”, disse.

Essa informação também foi verificada pelos sites Conjur, Poder360, Terra, Jornal de Brasília, Migalhas e Folha de S.Paulo.

Nota:‌ ‌esta‌ ‌reportagem‌ ‌faz‌ ‌parte‌ ‌do‌ ‌‌projeto‌ ‌de‌ ‌verificação‌ ‌de‌ ‌notícias‌‌ ‌no‌ ‌Facebook.‌ ‌Dúvidas‌ sobre‌ ‌o‌ ‌projeto?‌ ‌Entre‌ ‌em‌ ‌contato‌ ‌direto‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌‌Facebook‌.

Editado por: Natália Leal

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo