A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: Uber não vai suspender operações no Brasil por causa da Covid-19

Repórter | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
19.mar.2020 | 13h35 |

Circula nas redes sociais que a Uber deve suspender sua operação no Brasil por 10 dias por causa da Covid-19, o novo coronavírus. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa​:

“Uber deve suspender sua operação no Brasil por 10 dias covid-19”
Imagem que circula em grupos de WhatsApp

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. A assessoria de imprensa da Uber informou, em nota, que o aplicativo não pretende suspender suas atividades no Brasil por conta da transmissão do novo coronavírus. A empresa ressaltou ainda que conta com “consultoria de um especialista em saúde pública” para dar respostas aos seus clientes e motoristas. “Permanecemos em contato próximo com as autoridades locais de saúde pública e continuaremos a seguir as orientações para ajudar a impedir a propagação do CoronaVírus”, disse a nota.

Em seu site, a Uber listou cinco medidas que vêm adotando para prevenir a disseminação do vírus. A empresa informa que tem uma equipe disponível para auxiliar as autoridades e que usuários ou motoristas parceiros terão sua conta suspensa temporariamente do aplicativo caso tenham testado positivo para o vírus ou tenham contato com alguma pessoa já contaminada. Outra medida adotada pela Uber é a disponibilização de recursos para seus motoristas manterem o carro limpo.

Nota:‌ ‌esta‌ ‌reportagem‌ ‌faz‌ ‌parte‌ ‌do‌ ‌‌projeto‌ ‌de‌ ‌verificação‌ ‌de‌ ‌notícias‌‌ ‌no‌ ‌Facebook.‌ ‌Dúvidas‌ sobre‌ ‌o‌ ‌projeto?‌ ‌Entre‌ ‌em‌ ‌contato‌ ‌direto‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌‌Facebook‌.

Editado por: Chico Marés

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo