A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: Vacina para cachorros não tem relação com o vírus que causa Covid-19

Repórter | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
19.mar.2020 | 14h19 |

Circula nas redes sociais um vídeo no qual uma pessoa mostra a carteira de vacinação de seu cachorro. Nela, consta uma vacina, Vanguard HTLP 5/CV-L, que agiria contra “coronavírus”. Isso, segundo o post, seria prova de que a Covid-19 é uma “invenção da mídia”. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. A peça de desinformação apareceu também em outros pontos do globo e teve seu conteúdo checado pela coalizão de mais de 100 plataformas de fact-checking, distribuídas em 45 países, da qual a Lupa faz parte. O grupo tem coordenação da IFCN e surgiu para verificar informações sobre o vírus e a doença. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa​:

“Essa vacina, da marca Vanguard, muito utilizada pelos veterinários (…), você tá lendo o que ela combate? Coronavírus. Esse vírus [SARS-Cov-2] não é novo gente!”
Vídeo que circula no Facebook e, até as 12h30 do dia 19 de março de 2020, tinha sido compartilhado por 5,9 mil pessoas

FALSO

É falso que o SARS-Cov-2 não é um vírus novo. Ele faz parte da família dos Coronavírus, que já é conhecida desde a década de 1960, mas foi descoberto apenas neste ano. Alguns desses vírus causam doenças em seres humanos, enquanto outros afetam apenas animais específicos. O fato de existir uma vacina contra um coronavírus, portanto, não significa que a pandemia mundial esteja sendo causada por um vírus antigo.

O SARS-Cov-2 foi identificado como um novo vírus pela primeira vez em 7 de janeiro de 2020. Ele é o responsável pela Covid-19. Como foi descoberto há poucos meses, ainda não há vacina contra esse vírus, embora laboratórios de diversas partes do mundo estejam tentando desenvolvê-la.

A vacina mencionada no post que circula em redes sociais, na verdade, protege contra o coronavírus canino, ou CCov, que causa problemas intestinais severos em cachorros. Esse vírus é conhecido desde 1971. A vacina Vanguard HTLP 5/CV-L é utilizada para proteger cães dessa e de outras seis doenças virais. “Coronavírus canino também causa doença entérica em cães suscetíveis de todas as idades. Altamente contagioso, o vírus é transmitido inicialmente através de contato direito com fezes infecciosas e pode causar enterite clínica dentro de 1–4 dias após exposição”, diz a bula da vacina, produzida pela empresa Zoetis.

Nota:‌ ‌esta‌ ‌reportagem‌ ‌faz‌ ‌parte‌ ‌do‌ ‌‌projeto‌ ‌de‌ ‌verificação‌ ‌de‌ ‌notícias‌‌ ‌no‌ ‌Facebook.‌ ‌Dúvidas‌ sobre‌ ‌o‌ ‌projeto?‌ ‌Entre‌ ‌em‌ ‌contato‌ ‌direto‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌‌Facebook‌.

Editado por: Natália Leal

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo