A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: Golpe de Facebook orienta usuários a comentar publicação para ganhar álcool gel da Ambev

Repórter | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
01.abr.2020 | 20h28 |

Circula pelas redes sociais um texto que orienta os usuários a comentarem no post do Facebook para receberem em casa o álcool gel produzido pela Ambev. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa​:

“Comente: Eu quero! Para receber em sua casa, álcool em gel produzido pela Ambev. São 500 frascos para sua cidade”
Imagem publicada no Facebook que, até as 19h do dia 1º de abril de 2020, tinha sido compartilhada quase 100 pessoas

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. O texto que circula pelo Facebook é uma armadilha que induz o leitor a interagir com a publicação para, depois, roubar seus dados de acesso da plataforma. Golpes semelhantes já foram verificados pela Lupa: em um deles, os criminosos ofereciam falsas vagas de emprego. Em outro, brindes como telefones celulares e jóias.

O golpe funciona da seguinte maneira: quando uma pessoa comenta o post, a página entra em contato, através de perfil automatizado, perguntando a sua cidade. Depois, pede para compartilhar a publicação em cinco grupos como condição para receber o produto – algo que não é verificado, mas serve para espalhar a notícia falsa.

Após alguns minutos, a página encaminha outra mensagem dizendo que conseguiu visualizar seus compartilhamentos, e que está liberando um vale cartão no limite do mil reais, indicando um link suspeito para acessar esse prêmio. 

A Ambev informou que, embora, de fato, esteja produzindo 500 mil unidades de álcool gel, esse material não será distribuído para indivíduos, e sim para hospitais públicos em São Paulo, Rio de Janeiro e Distrito Federal. Um golpe semelhante já tinha sido realizado no WhatsApp. “Evite sempre clicar em links ou abrir anexos suspeitos”, aconselhou a assessoria da Ambev, em nota.

Nota:‌ ‌esta‌ ‌reportagem‌ ‌faz‌ ‌parte‌ ‌do‌ ‌‌projeto‌ ‌de‌ ‌verificação‌ ‌de‌ ‌notícias‌‌ ‌no‌ ‌Facebook.‌ ‌Dúvidas‌ sobre‌ ‌o‌ ‌projeto?‌ ‌Entre‌ ‌em‌ ‌contato‌ ‌direto‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌‌Facebook‌.

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo