A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

Lupa integra coalizão latino-americana contra desinformação sobre coronavírus

| Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
02.abr.2020 | 10h10 |

Em mais um esforço para conter a onda de desinformação sobre o novo coronavírus e a Covid-19, a Lupa se une a plataformas da América Latina para disponibilizar uma base de checagens sobre o assunto. A coalizão, que reúne 22 organizações, é uma iniciativa do grupo LatamChequea, coordenado pela plataforma argentina Chequeado.

O conteúdo produzido pela Lupa foi traduzido para o espanhol, a fim de ampliar a quantidade de informações verificadas sobre o assunto. Desta forma, os falantes nativos do idioma também poderão se manter informados sobre a situação no Brasil, importante parceiro comercial dos países da região e maior economia da América do Sul.

“Embora não sejamos falantes de espanhol, nós, brasileiros, temos grande interesse pelo que se passa nos países vizinhos ao nosso. São importantes destinos de viagem e de negócios e não podemos estar desatentos ao que acontece por lá. Por isso, a Lupa se soma a este esforço, em uma troca de informações fundamental para entender este momento histórico”, afirma Natália Leal, diretora de conteúdo da Lupa.

A base de checagens organizada pelo Chequeado conta, em seu lançamento, com mais de 400 artigos de pelo menos 15 países. Além dos artigos de verificação, os leitores poderão consultar as medidas governamentais adotadas em cada país, como determinações para isolamento, fechamento de comércios e outras normas definidas desde o início da crise do coronavírus. 

“Criar uma desinformação leva cinco minutos, mas desmentí-la com informação séria e confiável pode levar horas. Neste momento, em que se multiplicam falsos rumores que podem ser muito perigosos, precisamos, mais do que nunca, construir em colaboração para poder reagir o mais rápido possível e levar informação confiável às nossas audiências” ressaltou Olivia Sohr, coordenadora do LatamChequea e de projetos especiais do Chequeado.

Além de Lupa e Chequeado, fazem parte da iniciativa: Salud com Lupa, Bolivia Verifica (Bolívia), Estadão Verifica (Brasil),La Silla Vacía e ColombiaCheck (Colômbia), La Nación e La Voz de Guanacaste (Costa Rica), Periodismo de Barrio e El Toque (Cuba), Ecuador Chequea e GK (Ecuador), Agencia Ocote (Guatemala), Animal Político e VerificadoMX (México), El Surtidor (Paraguai), Ojo Público e Convoca (Peru), Poletikard (República Dominicana), UyCheck (Uruguai) e Efecto Cocuyo (Venezuela). A plataforma espanhola Maldita.es também se juntou ao grupo. O projeto contou com o apoio do Google News Initiative.

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo