A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

Lupa amplia combate à desinformação sobre coronavírus com novos produtos

| Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
02.abr.2020 | 10h10 |

O trabalho de combate à desinformação sobre o coronavírus e a Covid-19 feito pela Agência Lupa desde o início da pandemia ganhará um reforço importante a partir da próxima semana. A agência é uma das plataformas contempladas por um financiamento conjunto da International Fact-checking Network (IFCN) e do Facebook para projetos especiais envolvendo a pandemia

Além da newsletter diária e especial sobre boatos envolvendo o coronavírus, os recursos vão permitir que a Lupa forneça, gratuitamente, às secretarias de saúde de todos os estados brasileiros, além de entidades e associações médicas e de saúde, conteúdos checados sobre o vírus e a doença. Para isso, a Agência Lupa receberá US$ 49,9 mil para reforçar sua equipe e o trabalho de checagem em todo o país e na coalizão mundial com os checadores internacionais que participam do esforço de combater a desinformação sobre a pandemia.

“Estamos enfrentando duas batalhas: uma dos profissionais de saúde nas trincheiras de combate direto ao vírus e nas pesquisas. Outra, nas trincheiras da informação. Há uma tentativa desumana de minimizar a doença ou espalhar o caos sobre a pandemia para lucrar politicamente. Esta segunda batalha é travada diariamente pelos jornalistas e pelos checadores.”, explica Gilberto Scofield Jr., diretor de negócios e estratégia da Lupa. “Com a ajuda da IFCN e do Facebook, podemos avançar nesta frente contra a desinformação e ajudar a população a atravessar com calma este período.” 

A Lupa também terá um podcast semanal específico sobre Covid-19, a exemplo do Verifica, programa que a agência manteve nas principais plataformas de streaming de áudio entre agosto de 2019 e fevereiro deste ano. Jornalistas da agência vão esclarecer boatos sobre a doença e conversar com especialistas em infectologia, epidemiologia e saúde pública para indicar maneiras de os ouvintes se prevenirem e protegerem suas famílias nesta crise.

A parceria já estabelecida com o Redes Cordiais, que mobiliza influenciadores digitais por menos desinformação e por menos discurso de ódio nas redes sociais, também será ampliada. A ideia é disseminar apenas o que for cientificamente comprovado e seriamente verificado por pesquisadores sérios sobre o vírus e suas manifestações.

“Neste momento delicado, a Lupa mantém o seu compromisso primordial, que mobiliza tudo que fazemos desde o dia em que a agência nasceu: levar informação de qualidade às pessoas para que elas possam tomar suas decisões. E é muito importante contar com parceiros que também acreditam nisso e viabilizam nossas ações por menos desinformação”, disse Natália Leal, diretora de conteúdo da Lupa.

O fundo distribuído pela IFCN e pelo Facebook contemplará outras 12 plataformas de checagem em diferentes países. Todas elas fazem parte da aliança CoronaVirusFacts, que, desde janeiro, verifica informações sobre a pandemia. Ao todo, mais de 100 checadores em cerca de 50 países participam da coalizão, liderada pela IFCN.

Conheça as plataformas e os projetos contemplados:

Pagella Politica – Itália
Projeto: Chatbot para FAQ sobre Covid-19

Pagella Politica e sua unidade de debunking, Facta, vão desenvolver e incorporar um chatbot em suas páginas iniciais como uma forma de ajudar as pessoas a terem respostas rápidas para suas dúvidas sobre a Covid-19. No chatbot, os usuários poderão inserir sua pergunta sobre o tema e receber a informação mais recente publicada pela plataforma. A equipe trabalhará em parceria com o Hospital San Raffaele, de Milão.

CongoCheck – Congo
Projeto: SMS Covid-19

A plataforma vai disponibilizar um número de celular através do qual todos aqueles que quiserem receber informações verificadas sobre a Covid-19 poderão se inscrever e instantaneamente ter acesso a um resumo dos artigos checados sobre o novo coronavírus sempre que uma nova checagem for publicada. O sistema tem capacidade para enviar até 5 mil mensagens por segundo.

Newschecker.in – Índia
Projeto: Chat para disseminação de informação

A plataforma construirá disponibilizará uma função em inglês e em hindu para o Assistente de Voz do Google e para o dispositivo Alexa, da Amazon. Esta função indicará sintomas da Covid-19, precauções que devem ser tomadas em relação à doença,  informará os estabelecimentos de saúde mais próximos onde o usuário pode fazer o teste para o novo coronavírus e também disponibilizará checagens sobre a doença.

Raskrinkavanje.ba – Bosnia & Herzegovina
Projeto: Fact-checking emergencial contra o SARS-Cov-2

Os dois maiores objetivos deste projeto são “acelerar a produção de conteúdo e melhorar a comunicação com o público.” A plataforma vai aumentar o número de pessoas trabalhando na verificação de boatos, terá uma equipe com de tradução e verificação com experiência em pesquisa e também trabalhará para cobrir a desinformação que circula no Viber (aplicativo de mensagens popular nos Balcãs) e no WhatsApp. Eles também planejam publicar conteúdo multimídia e quizzes sobre o assunto.

Ellinika Hoaxes – Grécia
Projeto: Iniciativa CoronaFacts 

A equipe usará sua experiência em design gráfico, edição de vídeo e animação para produzir material detalhado que ajudará o público a compreender os detalhes importantes sobre o que é o novo coronavírus, seus efeitos na saúde pública, detalhes com relação à epidemiologia da nova doença e como as pessoas podem se proteger e por que devem fazê-lo.

Doğruluk Payı – Turquia
Projeto: Verdade contra desinformação sobre Covid-19

A plataforma publicará artigos científicos sobre o novo coronavírus, traduzindo-os em uma linguagem acessível ao público, para informar sobre as mais recentes conclusões a respeito da doença. Eles irão contratar um redator, para aumentar o número de informações verificadas publicadas em sua plataforma, e também um produtor de vídeo, para criar vídeos curtos, informativos e verificados sobre a situação atual. O objetivo é atingir uma audiência mais jovem.

Raskrinkavanje.me – Montenegro
Projeto: Combatendo a infodemia sobre Covid-19

A equipe publicará não somente artigos checados sobre Covid-19, mas também vídeos de animação e infográficos. Eles lançarão um podcast, planejado para durar seis meses, e que estará disponível no Viber, muito utilizado no país. Influenciadores digitais com forte presença no Instagram também devem se engajar neste projeto.

15min.lt – Lituânia
Projeto: Info-vacina: enfrentando o surto de desinformação sobre Covid-19

A plataforma vai publicar artigos de fact-checking, infográficos e conteúdos que desmistificam informações sobre o coronavírus nas línguas letã e estoniana, compartilhando isso a partir de parceiros. Como não há unidades de fact-checking ativas na Letônia e na Estônia, este projeto cobrirá três países,  com um total de 7 milhões de habitantes.

Newtral – Espanha
Projeto: Automação para WhatsApp

A plataforma vai automatizar as tarefas mais complicadas do processo de verificação via WhatsApp, para que o fact-checking manual possa ser focado no mais importante, o conteúdo. Usando tecnologia, a equipe planeja melhorar seus processos internos, organizando as mensagens que recebe por este canal, agilizando o processo de verificação de fatos para oferecer informação rápida e confiável e gerenciá-la de maneira adequada em grande volume. Também desenvolverá ferramentas para monitorar, distribuir e coordenar o trabalho de fact-checking remoto.

La Silla Vacia – Colômbia
Projeto: Site especial Covid-19

Este projeto criará e manterá um site especial sobre a crise da Covid-19. A página incluirá um guia básico sobre o vírus e a pandemia, algumas explicações, informações desmistificadas e também artigos de fact-checking. A equipe seguirá atualizando a situação da pandemia na Colômbia e nos países próximos.

Animal Político / El Sabueso – México
Projeto: El Sabueso: combatendo a desinformação sobre Covid-19

A plataforma vai criar vídeos e infográficos que viralizem com informação útil sobre a pandemia – não somente artigos de checagem, mas também conteúdos educativos. O objetivo é dobrar a capacidade de produção de conteúdo multimídia e atingir uma audiência maior do que a atual.

PolitiFact – Estados Unidos
Projeto: Fact-checking em vídeo sobre coronavírus

A equipe usará diferentes formatos de vídeo para informar sobre a Covid-19 e explicar suas repercussões e impactos, incluindo os sociais e econômicos. Haverá vídeos curtos para os usuários de dispositivos móveis e também vídeos mais longos, para quem consome conteúdo pelo YouTube.

 

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo