A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: É falso que hospital de Fortaleza dedicado à Covid-19 está vazio

Repórter (especial para a Lupa) | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
08.abr.2020 | 12h24 |

Circula nas redes sociais um vídeo mostrando a movimentação de funcionários no hall de entrada do Hospital Leonardo da Vinci, em Fortaleza, no Ceará. A legenda da filmagem diz que é “mais um hospital de Fortaleza vazio” e que a mídia está espalhando pânico sobre a Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. Por meio do projeto de verificação de notícias, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

“Mais um hospital de Fortaleza vazio e a mídia cearense continua espalhando pânico.”
Legenda do vídeo publicado no Facebook

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. O painel IntegraSUS, da Secretaria de Saúde do Ceará, mostra que 48 dos 93 leitos disponíveis do Hospital Leonardo Da Vinci estão ocupados – taxa de ocupação de 51%. Até a manhã desta quarta-feira (8), 18 pessoas estavam internadas na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e 32 em leitos de clínica médica. Até a tarde de terça-feira (7), cinco pessoas tinham morrido da doença no hospital e 13 pacientes já receberam alta.

O hospital atende somente casos confirmados de Covid-19. Os encaminhamentos para a unidade são feitos pela Secretaria de Saúde. Ou seja, ele não é aberto ao público e não deve ser buscado de maneira espontânea. A assessoria de imprensa da Secretaria de Saúde do Ceará afirmou, por telefone, que é normal o hall de entrada estar vazio porque o hospital não atende o público em geral, e os leitos de internação ficam na parte superior do edifício.

Até março, o Hospital Leonardo Da Vinci estava fechado e era uma unidade particular. O governo do Ceará requisitou e equipou o espaço para enfrentar a pandemia do novo coronavírus. O hospital funciona como uma unidade de retaguarda e recebe apenas pacientes que precisam de internação por conta da Covid-19.

O Ceará é o estado com o terceiro maior número de casos no Brasil. Até o final da tarde de terça-feira (7), eram 1.138 confirmações e 35 mortes pela doença. Em coletiva de imprensa na segunda-feira (6), o secretário de Saúde do Estado, Dr. Cabeto, afirmou que os serviços de diálise já estavam em funcionamento e que a tomografia seria implantada até o final de semana. “As equipes estão sendo ajustadas para que ele tenha sua capacidade máxima ampliada até o fim da semana”, afirmou o secretário. A expectativa é que o hospital tenha 30 leitos de UTI e 200 leitos de clínica médica em funcionamento até a próxima semana.

Nota: esta reportagem faz parte do projeto de verificação de notícias no Facebook. Dúvidas sobre o projeto? Entre em contato direto com o Facebook.

 

Editado por: Chico Marés

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo