A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: É falso que hospital do Rio dedicado à Covid-19 não tem pacientes

Repórter (especial para a Lupa) | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
08.abr.2020 | 18h27 |

Circulam nas redes sociais três fotografias tiradas em frente ao Hospital Ronaldo Gazolla, referência no tratamento da Covid-19 no Rio de Janeiro. A legenda das imagens diz que o fotógrafo não encontrou pacientes no hospital. Por meio do projeto de verificação de notícias, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

“Estou neste momento no Hospital Ronaldo Gazolla, hospital de referência no tratamento da COVID-19 no Rio. Achei tudo, menos paciente!”
Legenda das fotografias publicadas no Facebook que até as 14h do dia 8 de abril de 2020 tinham mais de 2 mil compartilhamentos

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro, 77 pessoas estavam internadas no Hospital Ronaldo Gazolla na manhã desta quarta-feira (8). Destas, 34 estavam em leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva). 

O Hospital Ronaldo Gazolla atende somente casos confirmados de Covid-19 e só recebe pacientes encaminhados por hospitais, Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) ou unidades de Atenção Primária. Segundo a Secretária de Saúde, não é possível ver pacientes na entrada porque “não há pronto-atendimento, apenas nos leitos de UTI e enfermaria”.

No momento, o hospital tem 128 leitos disponíveis. De acordo com a secretaria, a unidade está sendo ampliada e deve chegar a 381 leitos, com 182 leitos de UTI adulta e 19 de UTI pediátrica. 

O estado do Rio de Janeiro registrou, até quarta-feira (8), 1.938 casos confirmados e 106 mortes por conta da Covid-19. É o estado com o segundo maior número total de casos. A cidade do Rio de Janeiro concentra a maior parte.

Não é a primeira vez que pessoas visitam hospitais dedicados a Covid-19, registram a ausência de pessoas na recepção e publicam nas redes que o hospital está vazio. Na manhã desta quarta-feira (8), a Lupa analisou um conteúdo similar de Fortaleza.

Nota: esta reportagem faz parte do projeto de verificação de notícias no Facebook. Dúvidas sobre o projeto? Entre em contato direto com o Facebook.

Editado por: Chico Marés

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo