A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: Fotografia de jovem sendo pisoteada por policial é antiga e não é do Ceará

Repórter (especial para a Lupa) | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
20.abr.2020 | 15h14 |

Circula nas redes sociais uma fotografia de uma mulher deitada no chão sendo pisoteada por um policial, que está em cima de uma motocicleta. A legenda diz que o caso aconteceu no estado do Ceará. Por meio do projeto de verificação de notícias, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

“NÃO É VENEZUELA NÃO… CEARÁ. BRASIL ESSA FOTO TEM QUE CORRER O MUNDO, MILÍCIA DE ESQUERDA DERRUBANDO E PISANDO UMA MULHER”
Legenda da imagem compartilhada no Facebook que até as 12h do dia 20 de abril de 2020 tinha mais de 620 compartilhamentos

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. Ao contrário do que diz a legenda, a fotografia é antiga e foi, sim, tirada na Venezuela, e não no Ceará. A imagem foi capturada durante manifestações na capital venezuelana, Caracas, no dia 10 de julho de 2017 pelo fotógrafo Miguel Gutiérrez, da Agência EFE.

Na ocasião, manifestantes estavam protestando contra o governo de Nicolás Maduro em uma rodovia na região leste da capital venezuelana, quando a Guarda Nacional Bolivariana interveio. A fotografia mostra o momento em que a estudante de direito Paula Colmenárez foi abordada e imobilizada com o pé por um policial. Em outras fotos tiradas na mesma ocasião, é possível identificar que a jovem utilizava uma bandeira da Venezuela para cobrir o rosto.

Na semana passada, a Lupa checou outras quatro publicações com a mesma temática. Nelas, vídeos antigos de policiais militares (aqui, aqui, aqui e aqui) e da guarda municipal (aqui) foram utilizados para afirmar que as corporações estavam abordando e agredindo, a mando dos governadores, pessoas que saem de casa. As publicações são utilizadas para criticar as medidas de isolamento social impostas pelos governadores.

Nota: esta reportagem faz parte do projeto de verificação de notícias no Facebook. Dúvidas sobre o projeto? Entre em contato direto com o Facebook.

Editado por: Chico Marés

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo