A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: É falso que hospital dedicado à Covid-19 em Fortaleza não tem pacientes

Repórter (especial para a Lupa) | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
22.abr.2020 | 13h44 |

Circula nas redes sociais um vídeo mostrando o interior do Hospital de Campanha do Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza, no Ceará. A legenda diz que a reportagem de um jornal local mostrou que sete leitos estavam ocupados, mas que na visita feita por um vereador não foram encontrados pacientes. Por meio do projeto de verificação de notícias, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

“Hoje [20 de abril] no CETV 1 foi noticiado que já tinha 7 leitos ocupados no hospital de campanha do estádio Presidente Vargas, mas vereadores de Fortaleza conseguiram com efeito de liminar entrar no local e mostrar a realidade!!! Só queria saber onde botaram esses 7 pacientes 🤔🤔🤔”
Legenda do vídeo compartilhado no Facebook que até as 13h do dia 22 de abril de 2020 tinha mais de 24 mil compartilhamentos

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. O vídeo utilizado para tentar comprovar que o Hospital de Campanha do Estádio Presidente Vargas não tem pacientes é antigo. A filmagem original foi feita pelo vereador Márcio Martins (PROS) no dia 17 de abril. Na época, o vereador obteve uma liminar na justiça para inspecionar o trabalho de construção da unidade. O hospital inaugurou os primeiros 51 leitos somente no sábado, dia 18 de abril.

Já a reportagem do CETV 1 – telejornal exibido pela TV Verdes Mares, afiliada da TV Globo em Fortaleza – que noticiou a ocupação de sete leitos no Hospital de Campanha do Estádio Presidente Vargas foi gravada no dia 20 de abril – três dias depois do vídeo feito pelo vereador. Ou seja, a legenda da publicação engana ao comparar a situação em dois dias diferentes.

Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde de Fortaleza afirmou que os três primeiros pacientes foram transferidos para o hospital ainda na noite de sábado (18) e que na segunda-feira (20) eram sete leitos ocupados, como mostrou a reportagem do CETV 1. 

Na terça-feira (21), um novo bloco com mais 51 leitos entrou em funcionamento. Nesta quarta-feira (22), 25 pacientes estavam internados no Hospital de Campanha do Estádio Presidente Vargas. Pelo menos duas pessoas já receberam alta na unidade.

Além do hospital de campanha, a cidade de Fortaleza atende casos suspeitos e confirmados de Covid-19 nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), no Instituto Dr. José Frota e também no Hospital Infantil Filantrópico Sopai. No último domingo (19), a Prefeitura de Fortaleza prorrogou o isolamento social até dia 5 de maio. Até  a manhã de quarta-feira (22), o Ceará tinha 3.858 casos confirmados e 227 mortes por Covid-19. Na capital Fortaleza, eram 3.153 casos e 181 óbitos.

Nota: esta reportagem faz parte do projeto de verificação de notícias no Facebook. Dúvidas sobre o projeto? Entre em contato direto com o Facebook.

 

Editado por: Chico Marés

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo