A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: Post erra ao falar que novos casos de Covid-19 diminuem diariamente no mundo

Repórter | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
23.abr.2020 | 18h35 |

Circula nas redes sociais um texto com a afirmação de que os novos casos de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2), estão diminuindo diariamente no mundo todo. O post cita informações sobre o Brasil, a África e a Índia. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa​:

“MILAGRE! COVID 19 DECLINA NO MUNDO TODO! Os novos casos diminuem diariamente (…)”
Texto que circula pelo Facebook que, até às 15h do dia 23 de abril de 2020, tinha sido compartilhado por mais de 1,3 mil pessoas no Facebook

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. Os dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) mostram que o número de novos casos de Covid-19 não está diminuindo no mundo. O texto que circula pelas redes sociais foi publicado na última terça-feira (21). Naquele dia, a entidade contabilizou um total de 83.596 casos confirmados de Covid-19. Os dados mostram que a curva de novos registros da doença cresceu na comparação com o dia anterior – um total de 72.397 casos foram registrados em 20 de abril. Ao longo de todo o mês até o dia 22 (último dado disponível), é possível observar oscilações nos números de novos casos por dia, mas não uma tendência de queda.

O número de novas mortes, por sua vez, caiu do dia 17 de abril até o dia 21 de abril, quando o post foi publicado no Facebook. No dia 21, a OMS contabilizou 5.119 óbitos, enquanto, no dia anterior, a entidade divulgou 5.263 mortes. Contudo, ainda é cedo para afirmar que existe uma tendência de queda nos novos casos de morte, visto que, no dia 22 de abril, houve um novo aumento e a OMS calculou 6.061 mortes.


“(…) e as curas ultrapassam o número dos novos infectados!”
Texto que circula pelo Facebook que, até às 15h do dia 23 de abril de 2020, tinha sido compartilhado por mais de 1,3 mil pessoas no Facebook

FALSO

Segundo o site Worldometers, que compila dados de autoridades de saúde de todo o mundo, o número de casos ativos continua subindo. Esse valor é obtido removendo-se do total tanto os que se curaram como aqueles que morreram com a doença, ou seja, os casos concluídos. Na data da publicação do texto que circula no Facebook, 21 de abril, havia 1,6 milhão (1.683.556) de casos ativos no mundo, o que representava um aumento de cerca de 25 mil casos em relação ao dia anterior. Isso significa que o número de novos casos ainda é maior do que o de casos concluídos. 

Vale pontuar que uma eventual redução global no número de casos ativos, embora seja algo positivo, não significa, necessariamente, que a epidemia esteja se encaminhando para o final. Entre os dias 17 de fevereiro e 4 de março, esse número caiu de 58 mil para 38 mil. Nesse mesmo período, a situação se estabilizou no leste da Ásia, mas começou a se deteriorar na Europa. Depois disso, o número de casos ativos voltou a subir.


“África – Os casos diminuem milagrosamente na África, contrariando as previsões de que haveriam
sic) milhões de mortes no continente africano”
Texto que circula pelo Facebook que, até às 15h do dia 23 de abril de 2020, tinha sido compartilhado por mais de 1,3 mil pessoas no Facebook

FALSO

Diferentemente do que afirma o texto que circula pelo Facebook, os novos casos de Covid-19 não diminuíram na África. Ao todo, o continente tinha um total de 16.269 pessoas infectadas até o dia 21 de abril, de acordo com os dados da OMS. Só na última terça-feira (21), quando o texto foi postado nas redes sociais, a África registrou 795 novos casos. No dia anterior, o continente registrou 868 casos – sendo essa data com maior quantidade de novos casos da doença. 


“Índia – As projeções pessimistas da ONU não se confirmaram, e o segundo país mais populoso do mundo com precárias condições de higiene e saúde, segue com baixíssimos casos”
Texto que circula pelo Facebook que, até às 15h do dia 23 de abril de 2020, tinha sido compartilhado por mais de 1,3 mil pessoas no Facebook

FALSO

Segundo a Organização Mundial da Saúde, a Índia tinha um total de 18.601 casos de infecção pelo vírus SARS-CoV-2 no dia 21 de abril – maior volume registrado no sudeste da Ásia. Até aquele dia, o número de mortes no país já havia chegado a 590. O painel interativo da OMS mostra que o número de novos casos da Covid-19 ainda está oscilando no país.

Nota:‌ ‌esta‌ ‌reportagem‌ ‌faz‌ ‌parte‌ ‌do‌ ‌‌projeto‌ ‌de‌ ‌verificação‌ ‌de‌ ‌notícias‌‌ ‌no‌ ‌Facebook.‌ ‌Dúvidas‌ sobre‌ ‌o‌ ‌projeto?‌ ‌Entre‌ ‌em‌ ‌contato‌ ‌direto‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌‌Facebook‌.

Editado por: Chico Marés e Maurício Moraes

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo