A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: É falso tuíte de Carlos Bolsonaro afirmando que o presidente ‘plantou uma mentira’

Repórter (especial para a Lupa) | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
24.abr.2020 | 12h12 |

Circula nas redes sociais uma imagem de um suposto tuíte do vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) afirmando que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) teria desmentido “uma mentira plantada por ele mesmo”. Por meio do projeto de verificação de notícias, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

“Quando o Presidente desmente com provas uma mentira plantada por ele mesmo nós os filhos temos que fazer malabarismo para manter a mentira. Mas bastou Jair Bolsonaro negar que não tinha feito nada. É isso que virou parte da assessoria de bandido!”
Conteúdo do tuíte compartilhado no Facebook que até as 12h do dia 24 de abril de 2020 tinha mais de 500 compartilhamentos

FALSO

A imagem analisada pela Lupa é uma montagem e o conteúdo do tuíte não foi escrito por Carlos Bolsonaro. No dia 19 de abril, às 23h57, o vereador publicou um tuíte com linguagem parecida, mas que atacava a imprensa – e não o presidente Jair Bolsonaro.

“Quando o Presidente desmente com provas uma mentira plantada por jornais, eles fazem malabarismo e mantém a mentira. Mas bastou o botafogo [Rodrigo Maia] negar o furo dado pelo jornalista grobal que já pediram desculpas e apagaram. É isso que virou parte da imprensa BR: assessoria de bandido!”, escreveu o vereador.

A publicação faz referência a outro tuíte, de um jornalista do O Globo, que afirmou que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, estava reunido com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, e com dois ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes e Dias Toffoli na noite de 19 de abril. Posteriormente, o próprio Maia negou a informação e o jornalista excluiu a publicação e pediu desculpas

“Duas fontes me disseram nesta noite que Rodrigo Maia estaria reunido com alguns ministros que citei no tuíte. A mesma informação. Mas tanto Maia quando Gilmar Mendes negaram a reunião. Peço desculpas por ter publicado sem ter buscado antes a confirmação junto aos envolvidos”, escreveu o jornalista.

No mesmo dia, Bolsonaro participou de uma manifestação que pedia intervenção militar, em frente do Quartel General do Exército, no Distrito Federal. Vários ministros do STF, o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e diversas entidades criticaram a participação do presidente no evento.

Nota: esta reportagem faz parte do projeto de verificação de notícias no Facebook. Dúvidas sobre o projeto? Entre em contato direto com o Facebook.

Editado por: Chico Marés

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo