A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: Incêndio em carro mostrado em vídeo viral não foi causado por álcool em gel

Repórter | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
27.abr.2020 | 16h29 |

Circula pelas redes sociais um vídeo que mostra um carro em chamas em Itatiba, no interior de São Paulo. Inicialmente, o automóvel aparece com grandes labaredas e uma coluna de fumaça, parado ao lado de uma praça. Vê-se também uma viatura do Corpo de Bombeiros e ouve-se uma sirene. De repente, o veículo, modelo Fiat Palio, começa a andar de ré. Depois de percorrer um pequeno trecho, para do lado oposto da calçada, enquanto pessoas correm para ficar em uma distância segura. A legenda do post diz que o incêndio foi causado pelo álcool em gel no painel do carro. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa​:

“Álcool gel no painel do carro em Itatiba…”

Legenda de vídeo no Facebook que, até as 14h de 27 de abril de 2020, tinha mais de 3,7 mil compartilhamentos

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. O encarregado do Corpo de Bombeiros de Itatiba, Marcus Boava Bertoni, explicou, por telefone, que o incêndio se iniciou no motor e se alastrou pelo carro enquanto estava em movimento. O caso ocorreu por volta das 14h da última sexta-feira (24) na praça da Bandeira, localizada no centro da cidade. “Não tinha nenhum frasco [de álcool em gel] no interior do veículo”, disse. Ou seja, é impossível que as chamas tenham sido causadas pelo produto, recomendado para desinfecção contra o novo coronavírus – causador da Covid-19. 

Além disso, o carro não ficou parado por vários minutos, enquanto seu interior se esquentava pelo calor do sol. Assim que o incêndio começou, a mulher que dirigia o automóvel conseguiu estacioná-lo e saiu rapidamente, antes de ser atingida pelas chamas. O carro dá marcha a ré depois que o fogo atinge e rompe o freio de mão. O incêndio foi controlado em cerca de dez minutos. 

Nota:‌ ‌esta‌ ‌reportagem‌ ‌faz‌ ‌parte‌ ‌do‌ ‌‌projeto‌ ‌de‌ ‌verificação‌ ‌de‌ ‌notícias‌‌ ‌no‌ ‌Facebook.‌ ‌Dúvidas‌ sobre‌ ‌o‌ ‌projeto?‌ ‌Entre‌ ‌em‌ ‌contato‌ ‌direto‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌‌Facebook‌.

Editado por: Chico Marés

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo