A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: Post erra ao comparar taxa de letalidade da Covid-19 em Minas Gerais, São Paulo, Ceará e Rio de Janeiro

Repórter | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
29.abr.2020 | 14h23 |

Circula nas redes sociais um post que compara a taxa de letalidade da Covid-19 em Minas Gerais com outros três estados: São Paulo, Ceará e Rio de Janeiro. O texto informa, por exemplo, que a taxa de letalidade de Minas Gerais é “11 vezes menor” que em São Paulo. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa​:

“Em *Minas Gerais* , onde *o governador é sério e não está envolvido na trama para derrubar o Presidente*, a taxa de letalidade da covid-19 é mais de 11 vezes menor que em São Paulo”
Texto publicado no Facebook que, até às 12h do dia 29 de abril de 2020, tinha sido compartilhado por mais de 1,3 mil pessoas

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. Em termos estritamente matemáticos, o conceito de onze vezes menor é impossível – “uma vez menor” já significaria zero. Mas mesmo sem levar esse detalhe ao pé da letra, a informação também é falsa. A taxa de letalidade em São Paulo não é 11 vezes maior do que a de Minas Gerais, mas cerca do dobro. 

Os dados do Ministério da Saúde mostram que Minas Gerais tinha um total de 1.649 pessoas infectadas e 71 óbitos até o dia 28 de abril, dia anterior à publicação deste conteúdo. Sendo assim, a cada 100 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 no estado, 4,3 morreram. São Paulo, por sua vez, tem 24.041 casos registrados e 2.049 óbitos. Com isso, a cada 100 pessoas infectadas, 8,5 morreram. 

Vale adicionar que o texto publicado no Facebook também erra ao mencionar o número absoluto de mortos. O post afirma que 47 pessoas morreram de Covid-19 em Minas Gerais e que 1134 pacientes morreram da doença em São Paulo. Na data em que o post foi publicado, o número de óbitos era consideravelmente maior nos dois estados – 71 em Minas Gerais e  2049 em São Paulo.

Vale pontuar que é bastante provável que o número de casos e de mortes podem estar significativamente subestimados no país. Segundo o Worldometers, base de dados que agrega informações sobre países de todo o mundo, o número de testes realizados no país, 339 mil (ou 1,5 mil para cada um milhão de habitantes), é consideravelmente mais baixo, em termos absolutos e relativos, quando comparados a de outros países afetados pela Covid-19. Nos Estados Unidos, por exemplo, foram 6 milhões de testes, ou 18 mil para cada um milhão de habitantes. Na Itália, foram 1,9 milhões, ou 32 mil para cada um milhão de habitantes. Logo, os números reais podem ter diferenças significativas dos números registrados oficialmente. 


“Em *Minas Gerais* , onde *o governador é sério e não está envolvido na trama para derrubar o Presidente*, a taxa de letalidade da covid-19 é (…) mais de 10 vezes menor que no Ceará”
Texto publicado no Facebook que, até às 12h do dia 29 de abril de 2020, tinha sido compartilhado por mais de 1,3 mil pessoas

FALSO

A taxa de letalidade da Covid-19 no Ceará não é 10 vezes maior do que em Minas Gerais. Na realidade, ela é cerca de 35% maior. Segundo o Ministério da Saúde, Minas Gerais registrou 1.649 casos da doença e  71 óbitos até o dia 28 de abril, o que significa que a cada 100 pacientes com Covid-19 no estado, 4,3 morreram. Ao analisar os dados do Ceará, vemos que a cada 100 casos, 5,8 pessoas morreram. Ao todo, o estado teve 6.918 casos e 403 óbitos até o dia 28 de abril. 


“Em *Minas Gerais* , onde *o governador é sério e não está envolvido na trama para derrubar o Presidente*, a taxa de letalidade da covid-19 é (…) mais de 31 vezes menor que no Rio de Janeiro?”
Texto publicado no Facebook que, até às 12h do dia 29 de abril de 2020, tinha sido compartilhado por mais de 1,3 mil pessoas

FALSO

A taxa de letalidade da Covid-19 no Rio de Janeiro é o dobro da taxa de Minas Gerais, e não 31 vezes maior. Os dados do Ministério da Saúde mostram que a cada 100 infectados em Minas Gerais, 4,3 morrem no estado. Até o dia 28 de abril, Minas Gerais tinha 1.649 casos da doença e 71 óbitos. No Rio de Janeiro,a cada 100 infectados, 8,6 morreram. O estado teve um total de 8.504 pessoas infectadas com a doença e 738 óbitos.  

Nota:‌ ‌esta‌ ‌reportagem‌ ‌faz‌ ‌parte‌ ‌do‌ ‌‌projeto‌ ‌de‌ ‌verificação‌ ‌de‌ ‌notícias‌‌ ‌no‌ ‌Facebook.‌ ‌Dúvidas‌ sobre‌ ‌o‌ ‌projeto?‌ ‌Entre‌ ‌em‌ ‌contato‌ ‌direto‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌‌Facebook‌.

Editado por: Chico Marés e Maurício Moraes

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo