A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: Número de óbitos no Brasil aumentou, e não diminuiu, entre abril de 2019 e 2020

Repórter (especial para a Lupa) | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
15.maio.2020 | 19h16 |

Circula nas redes sociais uma publicação que compara o número de óbitos no Brasil nos meses de abril de 2019 e 2020. “Teve queda no número de mortes no país de 5.468”, diz o texto. A publicação foi feita pelo deputado estadual do Rio Grande do Sul Ruy Irigaray (PSL-RS).  Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

“Número de óbitos no Brasil em Abril 2019
*99.597
Número de óbitos no Brasil em Abril 2020
*94.129
Teve queda no número de mortes o país de 5.468”
Deputado estadual Ruy Irigaray (PSL-RS), no Twitter, dia 13 de maio de 2020 

FALSO

As informações publicadas pelo deputado estadual Ruy Irigaray (PSL-RS) são falsas. De acordo com o Portal da Transparência do Registro Civil, 100.634 mortes foram registradas no Brasil durante o mês de abril de 2019 e 104.900 no mesmo período de 2020, ou seja, houve um aumento de 4.266 mortes de um ano para outro, e não queda de 5.468. Esses números são do dia 15 de maio. 

Os números do Portal da Transparência do Registro Civil não são atualizados em tempo real. Em casos ordinários, o prazo legal entre a ocorrência e o registro de um óbito e sua inclusão no Portal da Transparência é de 14 dias, segundo a Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil), responsável por administrar o site. Ainda assim, reportagem da Folha de S.Paulo verificou que, em algumas localidades, até mesmo dados de 2019 estão incompletos.

Desde o início da pandemia, o Registro Civil disponibiliza uma aba em seu Portal da Transparência, intitulada Painel COVID Registral. Neste portal, as mortes de 2019 e 2020 estão detalhadas em sete categorias específicas. Cinco delas são tipos de doenças respiratórias (incluindo Covid-19), causas não identificadas e outras causas, excluindo mortes não naturais. Como os dados de 2020 ainda estão sendo alimentados na ferramenta, é necessário ter cautela na hora de compará-los com os do ano passado. 

Segundo a atualização mais recente do portal, foram registradas 45.138 mortes por doenças respiratórias em 2020, contra 39.697 em 2019. Ou seja, foram pelo menos 5.441 mortes a mais. Os números ainda podem ser atualizados e essa diferença pode crescer.

A Lupa já verificou outras informações falsas com base em interpretações equivocadas deste mesmo portal, aqui e aqui e explicou o problema de análise destes dados nesta reportagem. A reportagem procurou o deputado, mas não obteve retorno.

Nota: esta reportagem faz parte do projeto de verificação de notícias no Facebook. Dúvidas sobre o projeto? Entre em contato direto com o Facebook.

Editado por: Chico Marés

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo