A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: É falso que hospital mostrado em vídeo viral não tem mais casos de Covid-19 na UTI

Repórter | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
15.maio.2020 | 18h32 |

Circula pelas redes sociais um vídeo em que uma equipe de um estabelecimento de saúde, munida de equipamentos de proteção individual, anda pelos corredores do lugar e apaga as luzes das salas. Ao som da música “Andrà Tutto Bene”, do músico Cristóvam, eles mostram cartazes com mensagens de otimismo: “Vai”, “Ficar”, “Tudo”, “Bem” e “Vencemos”. Segundo a legenda do post, trata-se do Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre (RS), que teria esvaziado sua Unidade de Terapia Intensiva (UTI) durante a pandemia de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa​:

“‘Mensagem de Fé’: ‘UTI VAZIA’: ‘Vencemos’!! Estes Profissionais da Saúde Avisam ao Desligar as Luzes da UTI Vazia do Hospital Moinhos de Vento: ‘Vencemos !’ Porto Alegre – RS 🙏😄😃😷😷🙏 VC NÃO VIU NA #GLOBOLIXO”

Legenda de vídeo publicado no Facebook que, até as 17h de 15 de maio de 2020, tinha mais de 2,6 mil compartilhamentos

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. O Hospital Moinhos de Vento não esvaziou a sua UTI durante a pandemia por não ter mais pacientes. De acordo com o boletim médico mais recente, de 14 de maio, havia cinco casos confirmados e dois suspeitos de Covid-19 no Centro de Terapia Intensiva (CTI) Adulto, além de um caso confirmado na UTI Neonatal. O estabelecimento de saúde contava ainda com a internação de oito adultos confirmados e quatro adultos e duas crianças com suspeita de terem o novo coronavírus.

A assessoria de imprensa do Moinhos de Vento afirmou, em nota, que todos os leitos do CTI estão abertos e têm recebido pacientes normalmente. “No dia 12 de maio, os pacientes que estavam no CTI destinado exclusivamente para tratar de portadores da Covid-19, após terem seus exames de PCR negativados, ou seja, sem infecção ativa, foram transferidos para outra ala do hospital a fim de que a unidade pudesse passar por uma limpeza terminal”, diz o texto. Ou seja, houve apenas um esvaziamento temporário do local.

O hospital informou ainda que o vídeo compartilhado nas redes sociais é um material particular, voltado para a equipe. Segundo a assessoria, a gravação não representa oficialmente qualquer manifestação da instituição. O Moinhos de Vento foi questionado sobre a data de produção da filmagem e o motivo por que foi feita, mas preferiu não se manifestar sobre isso.

Nota:‌ ‌esta‌ ‌reportagem‌ ‌faz‌ ‌parte‌ ‌do‌ ‌‌projeto‌ ‌de‌ ‌verificação‌ ‌de‌ ‌notícias‌‌ ‌no‌ ‌Facebook.‌ ‌Dúvidas‌ sobre‌ ‌o‌ ‌projeto?‌ ‌Entre‌ ‌em‌ ‌contato‌ ‌direto‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌‌Facebook‌.

Editado por: Chico Marés

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo