A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: Maju Coutinho não disse que trabalharia de graça para ver queda de Bolsonaro 

Repórter | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
15.maio.2020 | 19h16 |

Circula nas redes sociais que a jornalista Maju Coutinho teria sido entrevistada pela “TV de Portugal” e dito que trabalharia “até de graça” para ver a queda do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Além disso, a apresentadora também teria afirmado que, quando o ex-presidente Lula estava no governo, “o Brasil era melhor”. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

“A repórter Maju, foi entrevistada pela TV de Portugal, ontem e o repórter perguntou sobre a questão do presidente Jair Bolsonaro, ela disse que existe uma grande crise no Brasil, se for necessário ela trabalha até de graça para ver a queda do Presidente, o repórter perguntou para ela sobre ex Lula, ela disse que na época do Lula o Brasil era melhor, melhor porque ela mamava na teta do PT, melhor porque ela era sustentada pelo PT, melhor porque ela puxava o saco do PT. E hoje nós Brasileiros Vamos acabar com a Rede Globo assim como acabamos com o PT e vamos acabar de vez, fora Rede Globo, fora PT, fora Maju”
Texto que circula pelo Facebook que, até às 18h do dia 15 de maio de 2020, tinha sido compartilhado por quase 400 pessoas no Facebook

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. Não foi possível encontrar qualquer entrevista da jornalista Maju Coutinho a veículos de comunicação de Portugal. Ela, tampouco, deu qualquer declaração do tipo em sua conta no Twitter ou no Instagram. A assessoria de comunicação da Rede Globo informou, em nota, que as declarações são falsas. Além disso, também destacaram que a apresentadora não concedeu entrevistas nos últimos dias para TVs de Portugal ou para qualquer outro veículo. 

Nota:‌ ‌esta‌ ‌reportagem‌ ‌faz‌ ‌parte‌ ‌do‌ ‌‌projeto‌ ‌de‌ ‌verificação‌ ‌de‌ ‌notícias‌‌ ‌no‌ ‌Facebook.‌ ‌Dúvidas‌ sobre‌ ‌o‌ ‌projeto?‌ ‌Entre‌ ‌em‌ ‌contato‌ ‌direto‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌‌Facebook‌.

Editado por: Chico Marés

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo