A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: Prefeitura do Rio não adotou plano de reabertura do comércio para início de junho

Repórter | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
27.maio.2020 | 14h38 |

Circula no WhatsApp uma lista que supostamente mostra o “plano detalhado da Prefeitura do Rio para reabertura gradual do comércio na cidade”. O texto informa, por exemplo, que a prefeitura vai reabrir no dia 1º de junho as escolas de ensino médio. Essa sugestão foi encaminhada por um leitor pelo formulário LupaAqui, no qual é possível indicar conteúdos para verificação. Confira a análise da Lupa:

“Confira o plano detalhado da Prefeitura do Rio para reabertura gradual do comércio na cidade”
Texto em mensagem do WhatsApp encaminhada por um leitor da Lupa pelo formulário LupaAqui

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. Em seu Instagram, a prefeitura do Rio de Janeiro informou que não existe uma data de reabertura de quaisquer atividades na cidade. Segundo a administração municipal, essa decisão só será tomada “após análise [da prefeitura] junto ao comitê científico”, montado para acompanhar a crise da Covid-19. Em seu perfil pessoal, o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, reforçou que não existe uma data definitiva até o momento. 

O boato começou a circular após a publicação de uma reportagem do jornal Extra sobre propostas de empresários, recebidas pela prefeitura do Rio, para a reabertura do comércio no município. Uma delas, elaborada pela Associação de Hotéis do Rio e outras entidades, previa a retomada das atividades entre os dias 1º e 29 de junho. Esse documento é justamente o suposto plano adotado pela prefeitura que circula pelo WhatsApp. 

Contudo, era apenas uma proposta, e não uma decisão da prefeitura. Na ocasião, o jornal procurou a administração municipal e foi informado que ainda não existia uma “nova data para reabertura de atividades até o momento”.

Editado por: Chico Marés

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo