A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: É falso que Itapemirim decretou falência durante pandemia da Covid-19

Repórter | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
28.maio.2020 | 18h55 |

Circula nas redes sociais que a empresa Itapemirim teria decretado falência durante a pandemia da Covid-19. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

“Mais uma grande empresa abre falência no Brasil. A pioneira Itapemirim que já foi a segunda maior frota do mundo”
Texto de imagem que, até às 13h do dia 28 de maio de 2020, tinha sido compartilhado por mais de 1,7 mil pessoas no Facebook

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. Em seu Instagram, a Itapemirim informou que o grupo não decretou falência durante a pandemia da Covid-19. “Trata-se de informação falsa, caluniosa, mentirosa, criminosa, sobre a qual estamos tomando providência legal”, informou a empresa.  

View this post on Instagram

COMUNICADO FAKE NEWS Estamos vindo a público refutar, veementemente, a notícia mentirosa de que nossa empresa pediu falência. Trata-se de informação falsa, caluniosa, mentirosa, criminosa, sobre a qual estamos tomando providência legal. Seguimos firmes e fortes! Tanto é que iniciamos, recentemente, o pagamento dos recursos da Classe 1 do nosso Plano de Recuperação Judicial, o qual está rigorosamente em dia, assim como todas as nossas obrigações. Estamos em momento de evolução, mesmo neste período de pandemia pelo qual o Brasil e o mundo vivem. Haja vista que acabamos de ser agraciados com um novo lote de linhas da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres). Estamos em crescimento acelerado para continuar levando cada vez mais clientes a realizarem seus sonhos por todo o Brasil. Grupo Itapemirim

A post shared by Viação Itapemirim – Oficial (@vitapemirim) on

Embora não tenha decretado falência, a empresa passa atualmente por um Plano de Recuperação Judicial, que começou em 2019. O pedido de recuperação foi feito em março de 2016, quando a empresa apontou que tinha uma dívida de mais de R$ 300 milhões – a maior parte sendo dívidas trabalhistas. Em maio, a Itapemirim iniciou o pagamento da Classe 1 do Plano de Recuperação

Checagem semelhante foi feita pelo Boatos.org.

Nota:‌ ‌esta‌ ‌reportagem‌ ‌faz‌ ‌parte‌ ‌do‌ ‌‌projeto‌ ‌de‌ ‌verificação‌ ‌de‌ ‌notícias‌‌ ‌no‌ ‌Facebook.‌ ‌Dúvidas‌ sobre‌ ‌o‌ ‌projeto?‌ ‌Entre‌ ‌em‌ ‌contato‌ ‌direto‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌‌Facebook‌.

Editado por: Chico Marés

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo