A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: Ministro interino da Saúde não publicou tuíte criticando a Polícia Federal

Repórter | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
03.jun.2020 | 13h37 |

Circula nas redes sociais um tuíte atribuído ao ministro interino da Saúde, general Eduardo Pazuello. O texto diz o seguinte: “A @policiafederal deveria estar atrás de corruptos, ladrões, traficantes, PCC. Deixem as pessoas de bem ter suas opiniões.! Isso é Democracia”. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

“A @policiafederal deveria estar atrás de corruptos, ladrões, traficantes, PCC. Deixem as pessoas de bem ter suas opiniões.! Isso é Democracia”

Tuíte atribuído ao general Eduardo Pazuello que, até às 12h do dia 3 de junho de 2020, tinha sido compartilhado por mais 500 pessoas

FALSO

O tuíte analisado pela Lupa não foi publicado pelo ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello. Em seu site, o Ministério da Saúde informou que o ministro não tem perfis em redes sociais e que já solicitou à plataforma a exclusão do perfil fake. 

A Lupa não conseguiu localizar o perfil @EdPazuello no Twitter. É possível que a conta tenha sido apagada, excluída ou tenha mudado de endereço. O texto atribuído ao ministro interino foi publicado exatamente no mesmo horário em um perfil falso (que se autodescreve como “perfil de apoio”) do delegado Alexandre Ramagem, cujo endereço é @AlRamagem. É possível que se trate da mesma conta, após mudanças de nome. O perfil oficial do delegado no Twitter é o @aramagem.  

Nesta quarta-feira (3), o presidente Jair Bolsonaro nomeou oficialmente o general Eduardo Pazuello como ministro interino da Saúde. A formalização do general no cargo ocorreu 19 dias depois da saída do médico Nelson Teich

Nota:‌ ‌esta‌ ‌reportagem‌ ‌faz‌ ‌parte‌ ‌do‌ ‌‌projeto‌ ‌de‌ ‌verificação‌ ‌de‌ ‌notícias‌‌ ‌no‌ ‌Facebook.‌ ‌Dúvidas‌ sobre‌ ‌o‌ ‌projeto?‌ ‌Entre‌ ‌em‌ ‌contato‌ ‌direto‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌‌Facebook‌.

Editado por: Chico Marés

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

A Lupa está infringindo esse código? Clique aqui e fale com a IFCN

 

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo