A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: É antigo vídeo de operação da PF em Alagoas que circula nas redes sociais

Repórter (especial para a Lupa) | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
30.jun.2020 | 19h33 |

Circula nas redes sociais uma reportagem sobre uma operação da Polícia Federal que prendeu diversas pessoas em Alagoas, sendo oito prefeitos. A legenda do vídeo diz que a operação seria fruto da luta contra a corrupção do governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

“Vejam o que já está acontecendo nos bastidores do atual governo em prol do Brasil e principalmente dos mais desfavorecidos. É por isso que a bandidagem política não quer deixar o governo legitimamente eleito pelo povo brasileiro. Vamos divulgar este vídeo e apoiar estas ações. (Alagoas)”
Legenda de vídeo publicado no Facebook que, até as 19h do dia 30 de junho de 2020, tinha sido compartilhado por mais de 1,3 mil pessoas

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. O vídeo que circula nas redes sociais é de 2005. Trata-se de uma reportagem da antiga TV Alagoas (hoje TV Ponta Verde SBT) sobre a Operação Guabiru. Na época, a Polícia Federal prendeu 31 pessoas em diversos municípios do estado e cumpriu mandados de busca e apreensão por causa de um esquema de desvio de recursos federais destinados à merenda escolar.

Não consta na imprensa ou no site da própria PF nenhuma operação realizada em Alagoas nesta terça-feira (30).

Nota:‌ ‌esta‌ ‌reportagem‌ ‌faz‌ ‌parte‌ ‌do‌ ‌‌projeto‌ ‌de‌ ‌verificação‌ ‌de‌ ‌notícias‌‌ ‌no‌ ‌Facebook.‌ ‌Dúvidas‌ sobre‌ ‌o‌ ‌projeto?‌ ‌Entre‌ ‌em‌ ‌contato‌ ‌direto‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌‌Facebook‌.

Editado por: Chico Marés

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

A Lupa está infringindo esse código? Clique aqui e fale com a IFCN

 

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo