A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

Foto: Reprodução/TV Globo
Foto: Reprodução/TV Globo

#Verificamos: É montagem vídeo em que Bonner diz que Bolsonaro é exemplo de político que ‘não está sendo investigado’

Repórter (especial para a Lupa) | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
06.jul.2020 | 19h53 |

Circula pelas redes sociais um vídeo em que o jornalista da TV Globo, William Bonner, diz ao então candidato à presidência, Fernando Haddad (PT), que Jair Bolsonaro seria um exemplo de “pessoa da vida pública” que não estaria sendo investigado por nenhum crime.  Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a análise da Lupa:

“Haddad: Qual é a pessoa que hoje está na vida pública que não está investigada?
Bonner: Jair Bolsonaro, do PSL”
Trecho de vídeo publicado no Twitter que, até o dia 06 de julho de 2020, tinha sido compartilhado por cerca de 1,5 mil pessoas

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. O vídeo é uma montagem produzida sobre uma entrevista real, exibida na TV Globo no dia 14 de setembro de 2018. Na gravação original, o jornalista William Bonner pergunta ao então candidato do PT, Fernando Haddad, sobre as investigações contra seu partido e que envolvem a ex-presidente Dilma Rousseff. Como resposta, Haddad pergunta: “qual é a pessoa que hoje está na vida pública que não está investigada?”. Após fazer essa pergunta retórica, ele prossegue com sua resposta.

Na publicação falsa, o vídeo foi editado de modo a dar a impressão de que, nesse momento, Bonner teria respondido “Jair Bolsonaro”. O nome do atual presidente, então adversário de Haddad na corrida presidencial, foi citado em outro momento do vídeo, quando o jornalista diz quais candidatos já tinham sido entrevistados no programa. Esse trecho foi sobreposto ao som original.

A montagem circula na internet desde 2018, época em que Haddad concedeu a entrevista à TV Globo, e chegou a ser verificada pela Agência Pública. À época o então candidato do PSL respondia a duas ações penais no Supremo Tribunal Federal (STF), por apologia ao estupro e por injúria. 

Após ser eleito presidente teve as ações temporariamente suspensas, já que o chefe do executivo só pode responder a crimes supostamente cometidos durante o exercício do mandato. Atualmente, Bolsonaro é investigado em inquérito que apura suposta interferência do presidente na Polícia Federal (PF).

Nota: esta reportagem faz parte do projeto de verificação de notícias no Facebook. Dúvidas sobre o projeto? Entre em contato direto com o Facebook.

 

Editado por: Chico Marés

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo