A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: É falso que Igreja Universal emitiu comunicado cancelando ‘reuniões de curas’ durante a pandemia

Repórter | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
08.jul.2020 | 17h05 |

Circula nas redes sociais um comunicado supostamente emitido pela Igreja Universal. Nele, a entidade teria informado que as reuniões de cura de doenças foram canceladas durante o período da pandemia da Covid-19. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

“Comunicado sobre coronavírus [da Igreja Universal]. Informamos que as reuniões de cura de doenças estão canceladas por causa dessa doença”

Legenda da imagem publicada no Facebook que, até às 13h do dia 08 de julho de 2020, tinha sido compartilhada por 200 pessoas 

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. A Igreja Universal informou, em seu site, que não é responsável pela autoria deste cartaz, e classificou a informação como “fake news”. Segundo a instituição, as reuniões seguem as regras de funcionamento dos templos religiosos no Brasil, que são estipuladas pelos estados e municípios. “É importante procurar o templo da Universal mais próximo para se informar sobre as normas locais”, diz o site.

Segundo a Universal, algumas medidas foram tomadas para tentar prevenir a disseminação da doença em seus templos, incluindo o uso obrigatório de máscaras, a limitação da quantidade de fiéis dentro da igreja e o uso de álcool gel. A instituição recomenda que pessoas com mais de 60 anos não participem de suas atividades.

Nota:‌ ‌esta‌ ‌reportagem‌ ‌faz‌ ‌parte‌ ‌do‌ ‌‌projeto‌ ‌de‌ ‌verificação‌ ‌de‌ ‌notícias‌‌ ‌no‌ ‌Facebook.‌ ‌Dúvidas‌ sobre‌ ‌o‌ ‌projeto?‌ ‌Entre‌ ‌em‌ ‌contato‌ ‌direto‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌‌Facebook‌.

Editado por: Chico Marés

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo