A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: É falso que Mandetta foi hostilizado em Portugal junto com Gilmar Mendes

Repórter (especial para a Lupa) | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
09.jul.2020 | 18h03 |

Circula pelas redes sociais um vídeo no qual um homem agride verbalmente o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes. De acordo com a legenda, Mendes estaria “tomando um chopp” com o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta quando a cena foi gravada. Por meio do projeto de verificação de notícias, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a análise da Lupa:

“Bolsonaro tem razão, olha o Gilmar e o Mandetta tomando um chopp em Portugal!”
Vídeo publicado no Facebook que, até o dia 09 de julho de 2020, tinha sido compartilhado por cerca de 383 pessoas

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. O vídeo foi gravado em 20 de abril de 2019 e compartilhado por diversos perfis no mesmo dia (aqui, aqui e aqui). Na gravação, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, estava em um restaurante em Lisboa, quando um brasileiro começa a agredi-lo verbalmente. Contudo, o homem que se posiciona em pé ao lado de Gilmar não é o ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. Na mesma data, Mandetta passava o feriado da Páscoa em Campo Grande (MS), segundo a agenda oficial do ex-ministro.

Em vídeo publicado pelo jornalista da TV Band Sandro Barboza, que retrata a mesma situação por outro ângulo, o agressor interage com o homem supostamente indicado como sendo Mandetta, chamando-o de segurança. “O segurança aqui é bom”, diz.

Mandetta não estava em Lisboa em 20 de abril de 2019, sábado de Aleluia. O então ministro da Saúde passou o feriado da Páscoa em Campo Grande, sua cidade de origem. Segundo a agenda oficial do ex-ministro, ele viajou de Brasília para a capital sul-matogrossense no dia 18, e de lá para a cidade de Cuiabá, no Mato Grosso, no dia 21, onde participou da cerimônia de lançamento da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza

Mendes, por sua vez, foi coordenador no VII Fórum Jurídico de Lisboa, da Faculdade de Direito da Universidade Lisboa, evento que também contou com a participação do ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro. O evento começou no dia 22 de abril. Na ocasião, o ministro do Supremo comentou à imprensa sobre o inquérito que investiga ameaças à corte. 

Essa não foi a única vez que Mendes foi hostilizado na capital portuguesa. Diversos vídeos de brasileiros atacando o ministro verbalmente circulam nas redes sociais desde janeiro de 2018 (aqui, aqui e aqui).

Esta afirmação também foi verificada por Aos Fatos e Boatos.org.

Nota: esta reportagem faz parte do projeto de verificação de notícias no Facebook. Dúvidas sobre o projeto? Entre em contato direto com o Facebook.

Editado por: Chico Marés

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo