A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: Mario Sergio Cortella não publicou texto dizendo que políticos não são culpados pela pandemia 

Repórter | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
09.jul.2020 | 19h01 |

Circula nas redes sociais um texto supostamente assinado pelo filósofo Mario Sergio Cortella. Nele, Cortella teria dito que prefeitos, governadores e o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) não têm culpa de não terem a solução para o fim da pandemia de Covid-19. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

“Aquele que tiver a real solução para esse problema que atire a 1ª pedra !!! Atire no Prefeito que fechou a cidade e mandou todos pra casa. Atire no Presidente que pede pra abrir a cidade e a volta ao trabalho. Atire nos médicos que pedem o isolamento social para evitar o colapso no sistema de saúde. Atire nos economistas que pedem para voltar a rotina prevendo um colapso financeiro …. O NEGÓCIO É ATIRAR PEDRAS !”
Texto atribuído ao filósofo Mario Sergio Cortella que, até às 17h do dia 09 de julho de 2020, tinha sido compartilhada por quase 400 pessoas no Facebook

FALSO

O texto analisado pela Lupa não foi publicado pelo filósofo Mario Sergio Cortella. Em sua conta pessoal no Facebook, Cortella afirmou que o texto “atire a primeira pedra” não é de sua autoria. “Circula pela internet um texto sobre “atire a primeira pedra”, como se fosse da minha autoria. Não é”, diz mensagem publicada pelo filósofo. 

 

Circula pela internet um texto sobre “atire a primeira pedra”, como se fosse da minha autoria. Não é.

MS Cortella

Publicado por Mario Sergio Cortella em Segunda-feira, 13 de abril de 2020

 

Esse texto circula no Facebook desde março, mas “ganhou” a assinatura de Cortella recentemente. Em março, esse texto já circulava na rede, indicando ter “autor desconhecido”.  No dia 3 de abril, o texto foi publicado pela página oficial da prefeitura de Porangatu, em Goiás, também sem indicação do autor. Em 12 de abril, contudo, o texto já circulava como se tivesse sido escrito pelo filósofo.

Essa informação também foi verificada pelo Fato ou Fake e Boatos.org.

Nota:‌ ‌esta‌ ‌reportagem‌ ‌faz‌ ‌parte‌ ‌do‌ ‌‌projeto‌ ‌de‌ ‌verificação‌ ‌de‌ ‌notícias‌‌ ‌no‌ ‌Facebook.‌ ‌Dúvidas‌ sobre‌ ‌o‌ ‌projeto?‌ ‌Entre‌ ‌em‌ ‌contato‌ ‌direto‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌‌Facebook‌.

Editado por: Chico Marés

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo