A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: É falso que médicos franceses protestaram por descobrir que Covid-19 é um ‘golpe’

Repórter (especial para a Lupa) | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
12.jul.2020 | 12h00 |

Circula pelas redes sociais um vídeo em que médicos jogam seus jalecos no chão, em protesto. Na legenda, é dito que a cena aconteceu após médicos franceses descobrirem que a Covid-19 seria um golpe. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

Médicos franceses tirando roupa de médico em protesto, e indo embora do hospital porque descobriram o golpe do covid.A mentira por trás da nova ordem mundial”
Vídeo publicado no Facebook que, até o dia 10 de julho de 2020, tinha sido compartilhado por cerca de 60 pessoas

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa.  O vídeo foi gravado em 14 de janeiro de 2020 e publicado pelo médico francês Bernard Jomier em sua conta pessoal no Twitter. Na ocasião, os médicos do Hospital Saint-Louis, em Paris, protestavam contra más condições de trabalho em hospitais públicos do país. O primeiro caso confirmado de Covid-19 só viria a ser registrado na França dez dias depois, em 24 de janeiro.

A cena em que médicos deixam o hospital com seus jalecos no chão foi comentada pela imprensa local (aqui, aqui e aqui). No mesmo dia, médicos em postos administrativos ameaçaram pedir demissão coletiva. Desde o ano passado, eles exigem do governo um plano para melhorar salários e condições de trabalho no sistema público de saúde, além de mais recursos nos hospitais. Em novembro de 2019, o governo tinha apresentado um plano para lidar com essas insatisfações, mas que foi considerado insuficiente pelos médicos.

Nota: esta reportagem faz parte do projeto de verificação de notícias no Facebook. Dúvidas sobre o projeto? Entre em contato direto com o Facebook.

Editado por: Chico Marés

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo