A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: É falso tuíte do deputado Kim Kataguiri sobre visita ao presidente chinês após pandemia

| Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
13.jul.2020 | 17h04 |

Circula nas redes sociais a imagem de um tuíte atribuído ao deputado federal Kim Kataguiri (DEM-SP). Nele, o parlamentar teria dito que pretende ir a Pequim para visitar seu “grande amigo” Xi Jinping, presidente da China, depois da pandemia da Covid-19. A viagem serviria para fortalecer “ainda mais” os “laços democráticos” entre os dois países. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

“Após essa pandemia do Covid-19 passar, pretendo até dezembro visitar meu grande amigo Xi Jinping em Pequim na China, para fortalecer ainda mais nossos laços democráticos”
Texto de tuíte atribuído ao deputado federal Kim Kataguiri (DEM-SP) em post publicado no Facebook que, até as 16h de 13 de julho de 2020, tinha mais de 870 compartilhamentos

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. O perfil do deputado federal Kim Kataguiri no Twitter não é o que aparece na foto – ou seja, ele não é o autor da publicação. A conta real do parlamentar fica no endereço @kimpkat. Aberta em junho de 2013, possui o selo de verificação da plataforma. O perfil @kataguari, que consta na imagem checada, é, na verdade, uma conta satírica. O tuíte com a montagem foi publicado em 10 de julho.

A foto que aparece no post também é falsa. Uma busca reversa no serviço Tin Eye mostra que o registro original, na verdade, traz o presidente da França, Emmanuel Macron, e não Kataguiri, ao lado de Xi Jinping. O fotógrafo Ian Langsdon, da Agência France Presse, fez a imagem durante uma reunião do G20 em 2017. O perfil @kataguari já publicou outras montagens com o deputado federal paulista, ao lado de figuras como o presidente argentino, Alberto Fernández, e o líder norte-coreano, Kim Jong-un.

Em tuíte publicado em 6 de abril, Kataguiri afirmou que repudia o regime político chinês, por ser um “defensor da liberdade e da democracia”. Na publicação, ele diz que, apesar disso, condena um bloqueio comercial à China pelo Brasil, o que teria, a seu ver, resultados catastróficos para a economia. Ele também publicou trecho de entrevista ao programa Pânico, da Jovem Pan, em 5 de maio, em que diz ver responsabilidade da China na pandemia, por não ter conseguido evitar a disseminação do novo coronavírus.

Nota:‌ ‌esta‌ ‌reportagem‌ ‌faz‌ ‌parte‌ ‌do‌ ‌‌projeto‌ ‌de‌ ‌verificação‌ ‌de‌ ‌notícias‌‌ ‌no‌ ‌Facebook.‌ ‌Dúvidas‌ sobre‌ ‌o‌ ‌projeto?‌ ‌Entre‌ ‌em‌ ‌contato‌ ‌direto‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌‌Facebook‌.

Editado por: Maurício Moraes

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo