Tem certeza que deseja sair da sua conta?

#Verificamos: É falso que Ziraldo comemorou ‘cura de Bolsonaro pela cloroquina’

Repórter | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
21.jul.2020 | 19h41 |

Circula pelas redes sociais uma frase atribuída ao cartunista e escritor Ziraldo, criador do personagem Menino Maluquinho e de obras populares da literatura infantil, em defesa do uso da cloroquina contra a Covid-19. Segundo a publicação, ele teria afirmado que o remédio “curou” o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), de 65 anos, da doença, causada pelo novo coronavírus. Em seguida, questionou quantas pessoas não poderiam ter sido salvas se a Rede Globo e políticos não “fizessem campanha” contra o medicamento. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa​:

“O presidente de 65 anos curado da Covid-19 com a cloroquina! Quantas vidas poderiam ter sido salvas se não fosse a Globo lixo e os políticos fdp, fazendo campanha contra a cloroquina? – Ziraldo”

Frase atribuída ao cartunista e escritor Ziraldo em post no Facebook que, até as 16h de 21 de julho de 2020, tinha 504 compartilhamento

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. A Ziraldo Artes Produções, empresa responsável pelo licenciamento de produtos com seus personagens, afirmou que a frase jamais foi dita pelo cartunista. O texto que circula pelas redes sociais foi desmentido em dois stories publicados no perfil oficial da agência no Instagram na segunda-feira (20). “Ziraldo não fez a afirmação relacionada ao uso da hidroxicloroquina conforme falsamente está sendo publicado. Fake News”, diz o texto.

A Lupa procurou a família do desenhista, que também enviou por WhatsApp uma manifestação feita pelo Instituto Ziraldo. “Ziraldo é pai do Maluquinho, mas não é maluco. Até na Mata do Fundão, a Turma do Pererê sabe que cloroquina não é tratamento comprovado. Quem gosta de contar mentira é caçador de onça!”, afirma o texto.

Depois de revelar que testou positivo para a Covid-19 em 7 de julho, Bolsonaro disse que estava tomando cloroquina contra a doença. Estudos científicos demonstraram, no entanto, que o medicamento não tem eficácia contra o novo coronavírus. Mesmo ainda doente, o presidente saudou manifestantes favoráveis ao seu governo no último domingo (19). Ele foi até o espelho d’água do Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência, e provocou aglomeração ao exibir uma caixa de hidroxicloroquina. Ainda não há comprovação oficial de que o presidente esteja curado da doença.

Nota:‌ ‌esta‌ ‌reportagem‌ ‌faz‌ ‌parte‌ ‌do‌ ‌‌projeto‌ ‌de‌ ‌verificação‌ ‌de‌ ‌notícias‌‌ ‌no‌ ‌Facebook.‌ ‌Dúvidas‌ sobre‌ ‌o‌ ‌projeto?‌ ‌Entre‌ ‌em‌ ‌contato‌ ‌direto‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌‌Facebook‌.

Editado por: Chico Marés

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

A Lupa está infringindo esse código? Clique aqui e fale com a IFCN

 

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo