Tem certeza que deseja sair da sua conta?

#Verificamos: Foto de Flávio Dino sem máscara em velório é antiga e sem relação com a morte do seu pai por Covid-19

Repórter | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
27.ago.2020 | 15h28 |

Circula pelas redes sociais uma foto do governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), em um velório. Segundo a legenda, seria de seu pai, morto recentemente com Covid-19. O texto que acompanha a publicação afirma que o político participou da cerimônia e do enterro sem que ninguém estivesse usando máscara ou mantendo um distanciamento seguro. Em comparação, outras famílias que perderam seus entes queridos no estado não teriam o mesmo direito. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa​:

“Interessante o governador do Maranhão Flávio Dino pode fazer velório e enterro do pai que faleceu de covid-19 sem ter ninguém usando máscaras e nem mantendo distanciamento seguro. Já as outras famílias do Maranhão não podem nem ir nos hospitais, velórios e muito menos no enterro de seus entes queridos, aí eu me pergunto… O quê o pai do governador tem melhor do que um familiar nosso? Eles são imunes ao corona vírus? Ou nois que somos um bando de bestas?”

Texto em imagem de post publicado no Facebook que, até as 12h30 de 27 de agosto de 2020, tinha 323 compartilhamentos

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. A foto mostra o governador Flávio Dino no velório do deputado estadual Humberto Coutinho, morto em janeiro de 2018. O evento ocorreu dois anos antes da pandemia e, por isso, não havia qualquer restrição para que as pessoas usassem máscaras ou evitassem aglomerações. A imagem não foi localizada, mas a mesma cena, com os mesmos participantes, aparece em um vídeo no YouTube com o discurso de Dino em homenagem ao parlamentar. É possível que o registro compartilhado pelas redes sociais tenha sido extraído dessa gravação.

O pai do governador do Maranhão, o ex-deputado estadual Sálvio Dino, de 88 anos, morreu na última segunda-feira (24) por complicações da Covid-19. O corpo foi sepultado no mesmo dia, em São Luís (MA), em uma cerimônia restrita a dez familiares do político. Em seu Twitter, Flávio Dino criticou o uso de uma imagem antiga para atacá-lo. “Que tipo de ‘gente’ é capaz de agredir uma família em luto ? Que tipo de ‘gente’ é capaz de usar uma foto de um velório de 2018 como sendo o do meu pai para me agredir?”, disse.

Nota:‌ ‌esta‌ ‌reportagem‌ ‌faz‌ ‌parte‌ ‌do‌ ‌‌projeto‌ ‌de‌ ‌verificação‌ ‌de‌ ‌notícias‌‌ ‌no‌ ‌Facebook.‌ ‌Dúvidas‌ sobre‌ ‌o‌ ‌projeto?‌ ‌Entre‌ ‌em‌ ‌contato‌ ‌direto‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌‌Facebook‌.

Editado por: Chico Marés

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

A Lupa está infringindo esse código? Clique aqui e fale com a IFCN

 

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo