Tem certeza que deseja sair da sua conta?

#Verificamos: É falso que governo federal fornece kit contra Covid-19 a estados e municípios

Repórter | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
04.set.2020 | 20h20 |

Circula pelas redes sociais a foto de um kit de medicamentos contra a Covid-19 que, segundo a legenda, estaria sendo fornecido pelo governo federal a estados e municípios. Nele estariam incluídos azitromicina (500 miligramas – 5 comprimidos) e sulfato de hidroxicloroquina (400 miligramas – 6 comprimidos), além de vitamina C (500 miligramas), vitamina D (400 UI) e zinco (20 comprimidos). Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa​:

“Esse KIT foi disponibilizado pelo GOVERNO FEDERAL e se não chegou nas suas mãos, saiba que seu GOVERNADOR & seu PREFEITO tem culpa no cartório por esse fato. Lembre-se deles e seus partidos nas próximas eleições”

Texto em post publicado no Facebook que, até as 19h30 de 4 de setembro de 2020, tinha 332 compartilhamentos

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. A assessoria de imprensa do Ministério da Saúde informou, em nota, que não fornece kits de medicamentos para estados e municípios. A pasta divulga orientações, que podem ser acessadas em um site específico sobre a Covid-19. “É importante ressaltar, ainda, que a prescrição de medicamentos permanece a critério do médico, sendo necessária também a vontade declarada do paciente. No caso de pacientes pediátricos ou incapacitados, é necessário o consentimento dos pais ou responsáveis legais”, diz o texto.

A assessoria de imprensa da Secretaria da Saúde do governo do Distrito Federal – mencionado na foto que acompanha o post, em uma folha descritiva com a lista de medicamentos – também afirmou, em nota, que desconhece a distribuição dos kits. Estudos clínicos com metodologia rigorosa (randomizados, com duplo-cego e grupo controle) mostraram que esses medicamentos não funcionam contra a Covid-19.

Uma busca reversa da imagem no Google indica que uma versão foi publicada no dia 20 de agosto em um tuíte do médico Allan Garcês. No texto, ele afirma que os profissionais de saúde estão conseguindo conscientizar as pessoas sobre o uso da hidroxicloroquina em Brasília. Não há menção, no entanto, sobre quem forneceu esse kit. 

Nota:‌ ‌esta‌ ‌reportagem‌ ‌faz‌ ‌parte‌ ‌do‌ ‌‌projeto‌ ‌de‌ ‌verificação‌ ‌de‌ ‌notícias‌‌ ‌no‌ ‌Facebook.‌ ‌Dúvidas‌ sobre‌ ‌o‌ ‌projeto?‌ ‌Entre‌ ‌em‌ ‌contato‌ ‌direto‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌‌Facebook‌.

Editado por: Natália Leal

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

A Lupa está infringindo esse código? Clique aqui e fale com a IFCN

 

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo