A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

Agência Lupa amplia equipe e parcerias e inicia a cobertura das Eleições 2020

Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
01.out.2020 | 18h00 |

A Agência Lupa dá início nesta quinta-feira (1º) a mais uma cobertura eleitoral, agora olhando para as eleições municipais. A equipe da agência cresceu e estende seu foco para pelo menos 10 capitais do Brasil, produzindo conteúdo principalmente para dois de seus principais parceiros: UOL e Folha de S.Paulo. A agência também prestará consultoria ao Sistema Verdes Mares, no Ceará, no projeto Pela Palavra.

O time da Lupa será liderado mais uma vez pela diretora de Conteúdo da agência, Natália Leal, e contará com três editores e sete repórteres espalhados pelo Brasil. Além deles, também estará diretamente envolvida no processo eleitoral a equipe de mídias sociais, gerenciada pela publicitária Raquel Moura, já responsável pela estratégia da agência nas redes sociais. 

Os editores Chico Marés, Maurício Moraes e Marcela Duarte se dividirão na coordenação dos trabalhos diários da equipe de reportagem, formada por Carol Macário, Gustavo Queiroz, Ígor Passarini, Ítalo Rômany, Juliana Almirante, Nathália Afonso e Samuel Costa. Todos chegaram à Lupa após passarem por processos de capacitação do LupaEducação, braço de educação midiática da agência.

“Contar com repórteres que estiveram nos nossos treinamentos é simbólico do ciclo de aprendizagem para verificação que a Lupa busca consolidar dentro do jornalismo brasileiro. Essa será mais uma cobertura desafiadora e temos uma equipe afinada e comprometida com o nosso propósito de levar informação qualificada aos eleitores”, comenta Leal.

A Lupa acompanhará os principais debates entre candidatos do Rio de Janeiro e de São Paulo, entrevistas promovidas pelo UOL e pela Folha de S.Paulo e também vai monitorar a desinformação em Porto Alegre, Curitiba, Belo Horizonte, Salvador, Recife, Manaus, Belém, Campo Grande e Goiânia. As reportagens poderão ser lidas semanalmente na Folha a partir desta sexta-feira, com a cobertura do debate eleitoral em São Paulo promovido pela Band TV. No UOL, as reportagens estarão disponíveis a partir da próxima semana, com o monitoramento de promessas feitas por candidatos à reeleição e análises dos programas de governo. 

Ao mesmo tempo, a Lupa seguirá monitorando as informações falsas que circulam em redes sociais, no programa de verificação de notícias que mantém em parceria com o Facebook. Todas as verificações e reportagens referentes às Eleições 2020 estarão disponíveis diariamente no site da agência.

Pela Palavra

Outra frente de cobertura inaugurada pela Lupa nesta eleição é uma consultoria em verificação de fatos. Nesse modelo, o Sistema Verdes Mares (SVM), que gerencia o Diário do Nordeste, sites, rádios e emissoras de TV no Ceará, receberá apoio da Lupa em seu trabalho de checagem. 

“Estamos focados em inovar e investir em serviços para o eleitor. A parceria com a Lupa é um exemplo”, diz Ívila Bessa, diretora digital do SVM.

A agência vai acompanhar a produção semanal do Pela Palavra, unidade definida pelo grupo de comunicação cearense para atuar na checagem de informações falsas sobre o processo eleitoral e também na verificação dos discursos de candidatos a prefeito em Fortaleza e outras cidades do estado. 

Coalizão de Checagem para as Eleições 2020

A Lupa também fará parte de uma coalizão entre plataformas de verificação de fatos e o Tribunal Superior Eleitoral para diminuir a desinformação nas eleições deste ano. A parceria, anunciada nesta quinta-feira pelo presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, vai monitorar as informações falsas no contexto eleitoral. Os leitores poderão ler as verificações feitas pela Lupa e outras oito iniciativas de verificação de fatos no site Fato ou Boato, mantido pela Justiça Eleitoral.

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo