Tem certeza que deseja sair da sua conta?

#Verificamos: É falso que João Doria comandou a eleição de chineses para cargos na CPFL Energia

| Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
04.nov.2020 | 19h45 |

Circula pelas redes sociais uma mensagem afirmando que a CPFL Energia, sob comando do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), elegeu chineses para os cargos de presidente, diretor financeiro e diretor de relações com investidores da empresa de energia elétrica que atua em São Paulo e no Rio Grande do Sul. Por WhatsApp, leitores da Lupa sugeriram que esse conteúdo fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação​:

“Eleição da CPFL (a Light de São Paulo) de 30/09/20 cujo comando é do Gov DÓRIA elegeu um Presidente chinês, um Financeiro chinês e um Diretor de Relações com Investidores chinês, entendeu?”

Mensagem que circula pelo WhatsApp, acompanhada de uma imagem com o extrato da ata de reunião da empresa ocorrida em 30 de setembro de 2020

FALSO

A CPFL Energia não está sob comando do governador de São Paulo, João Doria. De acordo com o próprio site da empresa, ela foi privatizada em 1997. A chinesa State Grid assumiu o controle acionário da CPFL Energia em janeiro de 2017 e tem hoje 83,7% do capital social do grupo. 

De acordo com o extrato da ata da 226ª reunião do Conselho de Administração da CPFL Energia, realizada em 30 de setembro deste ano, Futao Huang foi, de fato, indicado como diretor-presidente. Além disso, Xinjian Chen foi eleito diretor-presidente assistente e Yuehui Pan foi escolhido para o cargo de diretor financeiro e de relação com investidores, como sugere a imagem. 

Por e-mail, a assessoria da CPFL disse à Lupa, em nota, “que os profissionais executivos, brasileiros e estrangeiros, indicados para assumir cargos com responsabilidade estatutária, têm carreira profissional consolidada, com profundo conhecimento em suas respectivas áreas de atuação, incluindo experiência internacional em vários casos”. O governador João Doria não interfere, em nenhum grau, no processo de indicação e eleição dos profissionais, como a assessoria do governo confirmou à Lupa por e-mail

Esta‌ ‌verificação ‌foi sugerida por leitores através do WhatsApp da Lupa. Caso tenha alguma sugestão de verificação, entre em contato conosco pelo número +55 21 99193-3751

Editado por: Maurício Moraes

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

A Lupa está infringindo esse código? Clique aqui e fale com a IFCN

 

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo