Tem certeza que deseja sair da sua conta?

Palmas: Professor Júnior Geo erra ao se dizer único vereador a lutar contra aumento da passagem

| Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
09.nov.2020 | 18h30 |

O candidato à prefeitura de Palmas Professor Júnior Geo (PROS) ocupa a segunda posição na pesquisa de intenção de voto divulgada pelo Ibope em 22 de outubro de 2020. Ele já foi vereador de Palmas e atualmente é deputado estadual pelo Tocantins. Nos debates e em entrevistas, o candidato costuma compartilhar suas ações no Poder Legislativo. A Lupa analisou algumas de suas falas. A checagem faz parte do projeto Democracia Digital, no qual jornalistas de todas as capitais do Brasil verificam discursos dos quatro candidatos melhores colocados nas pesquisas de intenção de voto em 2020.

Cinthia Ribeiro (PSDB) — primeira em intenções de voto na mesma pesquisa — também teve falas analisadas, e o resultado dessas verificações será publicado no dia 13 de novembro. Tiago Amastha Andrino (PSB) e Vanda Monteiro (PSL), empatados em quarto na disputa, e Eli Borges (Solidariedade) tiveram falas checadas e publicadas em 2 de novembro e 6 de novembro, respectivamente.

Confira o grau de veracidade do que disse Professor Júnior Geo:

“Eu fui o único vereador [lutando contra] o aumento do preço da passagem do transporte coletivo”
Professor Júnior Geo (PROS), candidato a prefeito de Palmas, em debate da TV Jovem RecordTV em 30 de outubro de 2020

FALSO

Ao menos mais um vereador se posicionou publicamente contra o aumento da passagem.  No dia 10 de março de 2017, o Professor Júnior Geo publicou um vídeo com o vereador Léo Barbosa (SD) em seu canal no YouTube em que eles criticam o aumento da tarifa do transporte coletivo, além de divulgarem abaixo-assinado contra a proposta do poder Executivo municipal. Juntos, os então vereadores desenvolveram o documento para apresentarem à Defensoria Pública e ao Ministério Público Estadual (MPE) a fim de ingressarem com uma Ação Civil Pública.

No diário oficial de Palmas de 20 de março de 2017, foi publicado o decreto n° 1.349 sobre o aumento da tarifa de ônibus para R$ 3,50. No dia 10 de agosto de 2017, o abaixo-assinado foi entregue à Defensoria Pública do Estado. Letícia Amorim, defensora pública, recebeu o documento com aproximadamente 8.500 assinaturas.

Procurado pela Lupa, a assessoria do candidato confirmou que Júnior Geo “teve apoio de um colega vereador na coleta de assinaturas contra o aumento abusivo da tarifa de transporte coletivo”.


“O último concurso realizado [em Palmas, para a educação] tem sete anos”
Professor Júnior Geo (PROS), candidato a prefeito de Palmas, em entrevista ao Cidade Alerta Tocantins em 4 de novembro de 2020

VERDADEIRO

Em 14 de outubro de 2013, a prefeitura de Palmas lançou o edital de concurso público destinado ao preenchimento dos cargos da educação. O documento foi publicado no site da Comissão Permanente de Seleção da Universidade Federal do Tocantins (Copese-UFT), empresa responsável pelo processo de seleção. Após essa data, o município não realizou nenhum outro concurso para a área de educação.

Em 2014, a prefeitura de Palmas abriu o edital para preenchimento do quadro geral de funcionários. Em 2015, o município lançou o edital de abertura para o concurso público para o cargo de procurador do município e para a formação de cadastro reserva. 


“Eu fui eleito o deputado estadual agora sendo o mais votado de Palmas”
Professor Júnior Geo (PROS), candidato a prefeito de Palmas, em entrevista ao Cidade Alerta Tocantins em 4 de novembro de 2020

VERDADEIRO

Segundo dados divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral, o Professor Júnior Geo foi o deputado estadual mais votado da capital do Tocantins com 7.408 votos, ou 5,88% dos votos válidos. O segundo candidato mais votado foi Léo Barbosa (Solidariedade), com 5.797 votos, ou 4,60%.

Nota da redação: O projeto Democracia Digital é uma iniciativa da Lupa, do Instituto de Tecnologia & Equidade (IT&E) e do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral, com apoio do WhatsApp e dos Tribunais Regionais Eleitorais de todo o Brasil. As checagens produzidas são distribuídas gratuitamente a rádios universitárias do país, com apoio do Instituto Brasileiro de Ensino, Desenvolvimento e Pesquisa (IDP).

Editado por: Marcela Duarte

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

A Lupa está infringindo esse código? Clique aqui e fale com a IFCN

 

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo