Tem certeza que deseja sair da sua conta?

Curitiba: Goura exagera déficit de empregos formais na pandemia

| Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
11.nov.2020 | 18h00 |

O candidato à prefeitura de Curitiba e deputado estadual Goura Nataraj (PDT) ocupa a segunda posição na pesquisa de intenção de voto divulgada pelo Ibope em 22 de outubro de 2020, empatado com Fernando Francischini (PSL). Ele concedeu entrevistas para o jornal Plural, Bem Paraná, RIC Mais e Rádio Cultura. A Lupa analisou algumas de suas falas. A checagem faz parte do projeto Democracia Digital, no qual jornalistas de todas as capitais do Brasil verificam discursos dos quatro candidatos melhores colocados nas pesquisas de intenção de voto em 2020.

Rafael Greca (DEM), primeiro em intenções de voto na mesma pesquisa, também teve falas analisadas, e o resultado dessa verificação será publicado no dia 13 de novembro. Fernando Francischini (PSL), que está empatado em segundo lugar com Goura, também teve falas checadas e publicadas em 11 de novembro. Christiane Yared (PL), terceira colocada na disputa, teve suas falas checadas e publicadas em 3 de novembro

Confira o grau de veracidade do que disse Goura Nataraj:

“A tarifa [de ônibus] continua uma das mais caras do Brasil”
Goura Nataraj (PDT), candidato a prefeito de Curitiba, em entrevista ao jornal Bem Paraná em 4 de outubro de 2020

VERDADEIRO

O valor atual da passagem de ônibus em Curitiba é de R$ 4,50. A mesma tarifa é aplicada na maioria das linhas da capital Belo Horizonte. Até os reajustes feitos no início de 2020, a única capital que ultrapassa o valor de Curitiba é Porto Alegre, com uma passagem de R$ 4,70, aponta o levantamento da Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos.


“Atualmente, a pesquisa origem destino de Curitiba aponta que cerca de 2% dos deslocamentos diários são feitos em bicicleta”
Goura Nataraj (PDT), candidato a prefeito de Curitiba, em entrevista ao jornal Bem Paraná em 4 de outubro de 2020

VERDADEIRO, MAS

Cerca de 2,2% dos deslocamentos diários em Curitiba são feitos de bicicleta, segundo a última pesquisa origem destino de Curitiba de 2017 (proporção de viagens de bicicleta no total de viagens, tabela 3). 

Uma pesquisa da Associação Nacional dos Transportes Públicos de 2019 aponta que outras grandes cidades brasileiras têm proporções diárias de viagens de bicicleta parecidas com Curitiba. Os dados revelam 2% em Brasília, 2,2% em Campinas, 2,6% em Belo Horizonte, 2,4% no Rio de Janeiro, 2,3% em Recife (só para viagens para trabalho e escola). Por outro lado, as cidades com menos deslocamentos do tipo são Salvador, com 0,9% dos deslocamentos em bicicleta, e São Paulo, com 1%

O estudo ainda coloca que, entre essas cidades, Curitiba é a segunda com maior oferta de ciclovias por 100 mil habitantes, atrás apenas de Brasília. Na capital paranaense, a estrutura das vias foi ampliada, passando de 120 quilômetros por 100 mil habitantes em 2007 para 181 quilômetros em 2017.


“O atual prefeito aumentou (…) a arrecadação por parte dos contribuintes”
Goura Nataraj (PDT), candidato a prefeito de Curitiba, em entrevista à Band News em 20 de outubro de 2020

VERDADEIRO

No dia 20 de dezembro de 2017, o prefeito Rafael Greca sancionou uma lei que aumentou o valor pago pelo Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU) em 4% para imóveis e em 7% para terrenos sem edificação, mais a correção da inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (IPCA) para os exercícios de 2018, 2019, 2020 e 2021. Considerando que as projeções de inflação anual são em torno de 3%, o reajuste pode chegar a cerca de 10% para os terrenos e 7% para os imóveis.

Outra lei, sancionada também em 20 de dezembro de 2017, estabelece uma alíquota mínima do Imposto Sobre Serviços em 2%. O imposto também aumentou para determinados serviços, como para os planos de saúde, que passaram de 2% para 4%. 

Serviços prestados para o Sistema Único de Saúde (SUS), que antes eram isentos, passaram a ser tributados em 2% com a alteração determinada pela lei complementar nº106, sancionada em 8 de dezembro de 2017. Passam a recolher impostos também as pessoas jurídicas de direito público e privado integrantes da administração indireta do município, os serviços sociais autônomos, autarquias, e fundações e sociedades de economia mista que prestam serviços à prefeitura.


“Curitiba teve, esse ano, 18 mortos [no local do acidente] no trânsito e 1.842 feridos”
Goura Nataraj (PDT), candidato a prefeito de Curitiba, em entrevista ao RIC Mais Notícias em 22 de outubro de 2020

VERDADEIRO, MAS

A última informação disponível no site da Polícia Militar e da Agência Estadual de Notícias, apontam para 18 mortes no local e 1.842 feridos no primeiro semestre de 2020.

Segundo dados do Batalhão da Polícia de Trânsito (BPTran) fornecidos pela assessoria de imprensa da Polícia Militar do Paraná, Curitiba registrou 29 óbitos no local de acidente de trânsito entre janeiro e setembro deste ano. No mesmo período, 2.760 pessoas ficaram feridas em acidentes de trânsito. Os dados são atualizados mensalmente.


“A gente também perdeu logo no início [da pandemia em Curitiba], em março e abril, mais de 40 mil empregos formais”
Goura Nataraj (PDT), candidato a prefeito de Curitiba, em entrevista ao Jornal do Jotapê em 26 de outubro de 2020

EXAGERADO

Entre março e abril, Curitiba registrou déficit de 29,4 mil empregos formais, de acordo com dados do Novo Caged. Entre março e maio, a capital perdeu 37.488 postos de trabalhos formais.

Em junho e julho, o número de demissões e admissões teve uma variação positiva de 0,04% e 0,02%, respectivamente. Em agosto, último mês com os dados disponíveis, as contratações aumentaram e o saldo foi de 3.219 novos empregos formais. 

Procurada, a assessoria do candidato explicou que Goura usou as informações do Caged referentes aos meses de março e abril, conforme matéria publicada no G1. No entanto, a reportagem apresenta dados do Paraná.

Nota da redação: O projeto Democracia Digital é uma iniciativa da Lupa, do Instituto de Tecnologia & Equidade (IT&E) e do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral, com apoio do WhatsApp e dos Tribunais Regionais Eleitorais de todo o Brasil. As checagens produzidas são distribuídas gratuitamente a rádios universitárias do país, com apoio do Instituto Brasileiro de Ensino, Desenvolvimento e Pesquisa (IDP).

Editado por: Marcela Duarte

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

A Lupa está infringindo esse código? Clique aqui e fale com a IFCN

 

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo