Tem certeza que deseja sair da sua conta?

João Pessoa: Cícero Lucena erra informações sobre saúde da mulher

| Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
12.nov.2020 | 18h19 |

O candidato à prefeitura de João Pessoa Cícero Lucena (PP) ocupa a segunda posição na pesquisa Ibope de intenção de votos divulgada em 22 de outubro de 2020. Em sua campanha, ele tem participado de entrevistas e divulgado propostas em suas redes sociais. A Lupa analisou algumas de suas falas. A checagem faz parte do projeto Democracia Digital, no qual jornalistas de todas as capitais do Brasil verificam discursos dos quatro candidatos melhores colocados nas pesquisas de intenção de voto em 2020.

Nilvan Ferreira (MDB), Ricardo Coutinho (PSB) e Walber Virgolino (Patriota) — segundo e, empatados, terceiros colocados em intenções de voto na mesma pesquisa — também tiveram falas analisadas e publicadas em 10 de novembro e 5 de novembro.

Confira o grau de veracidade do que disse Cícero Lucena:

“A lei estabelece que a prefeitura faça os exames [de mamografia]  a partir dos 40 anos. João Pessoa faz a partir de 50”
Cícero Lucena (PP), candidato a prefeito de João Pessoa, em entrevista ao Programa Tribuna Livre em 8 de outubro de 2020

FALSO

A lei 11.664/2008 estabelece que o SUS deve assegurar o exame de mamografia gratuito para mulheres a partir dos 40 anos. O município de João Pessoa também adere ao texto da lei. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, os exames de mamografia são feitos gratuitamente pelo SUS há três anos, atendendo mulheres entre 40 e 74 anos de idade.

Procurada, a assessoria do candidato respondeu com texto do Instituto Nacional de Câncer com recomendações do Ministério da Saúde e uma matéria da Agência Brasil sobre o lançamento da campanha do Outubro Rosa.   


“[Durante a pandemia] os profissionais de saúde do PSF [Programa Saúde da Família] (…) nem tiveram gratificação que outros setores tiveram”
Cícero Lucena (PP), candidato a prefeito de João Pessoa, em entrevista ao Programa Correio Debate em 15 de outubro de 2020

VERDADEIRO

A Câmara Legislativa de João Pessoa aprovou a medida provisória (nº 82/2020), de autoria do prefeito Luciano Cartaxo, que garantia a gratificação temporária para alguns profissionais de saúde do município durante a pandemia de coronavírus. Essa MP não incluía os profissionais de saúde dos PSFs, apenas os profissionais de saúde que, segundo a MP,  possuíam “ alto risco de contaminação de aerossóis de Covid-19”.  Assim, só foram contemplados com a gratificação os profissionais de saúde do Hospital Municipal do Valentina, do Hospital Municipal de Santa Isabel e do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu).


“Tem até um projeto de lei da senadora Daniela [Ribeiro], que foi a relatora, que aprovou no senado que parte dos recursos do combate ao Covid pode ser utilizado nas escolas públicas para preparar esse protocolo de segurança sanitária”
Cícero Lucena (PP), candidato a prefeito de João Pessoa, em entrevista ao Programa Correio Debate em 15 de outubro de 2020

FALSO

O projeto de lei complementar nº 195/2020, em que a senadora Daniela Ribeiro foi a relatora, instituiu o Programa Nacional de Auxílio às Instituições de Ensino da Educação Básica, para auxiliar financeiramente instituições privadas de ensino, afetadas pelo novo coronavírus. As escolas públicas não estão incluídas neste projeto de lei complementar. Os recursos para implantação desse projeto vêm do governo federal, mas não fazem parte dos recursos de combate à Covid-19.

O projeto de Lei que trata de utilizar recursos enviados pelo governo federal para o combate ao coronavírus no preparo para o retorno às aulas em escola pública é o PL 3892/2020. Ele foi criado pela Senadora Kátia Abreu (PP) e teve como relator o senador Fabiano Contarato (REDE). 

Procurada, a assessoria do candidato enviou matéria do Portal Paraíba Notícia que trata da indicação de Daniela Ribeiro para a relatoria da PL 195/2020.


“João Pessoa hoje tem apenas 80% de cobertura de PSF”
Cícero Lucena (PP), candidato a prefeito de João Pessoa, em entrevista ao Programa Tambaú da Gente – Manhã em 27 de outubro de 2020

VERDADEIRO

De acordo com dados disponibilizados pelo governo federal, João Pessoa possui uma cobertura de Estratégia Saúde da Família de 86,14%.

Nota da redação: O projeto Democracia Digital é uma iniciativa da Lupa, do Instituto de Tecnologia & Equidade (IT&E) e do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral, com apoio do WhatsApp e dos Tribunais Regionais Eleitorais de todo o Brasil. As checagens produzidas são distribuídas gratuitamente a rádios universitárias do país, com apoio do Instituto Brasileiro de Ensino, Desenvolvimento e Pesquisa (IDP).

Editado por: Marcela Duarte

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

A Lupa está infringindo esse código? Clique aqui e fale com a IFCN

 

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo