A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

Foto: Reprodução Post Twitter
Foto: Reprodução Post Twitter

#Verificamos: Foto de marcha das mulheres é usada no lugar de protestos contra Biden

Repórter (especial para a Lupa) | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
16.nov.2020 | 19h49 |

Circula nas redes sociais uma foto aérea de uma multidão em Washington, nos Estados Unidos. Segundo a publicação, o registro foi feito durante os protestos ocorridos no sábado (14) contra o resultado das eleições norte-americanas. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

“Americanos nas ruas contra a fraude de Joe Biden”
Legenda de imagem publicada em post do Facebook que, até as 16h de 16 de novembro de 2020, tinha mais de 325 compartilhamentos

FALSO

A imagem analisada pela Lupa é antiga e não tem nenhuma relação com as eleições norte-americanas. Trata-se, na verdade, de uma cena capturada de um vídeo gravado na Marcha das Mulheres, em 21 de janeiro de 2017, em Washington, nos Estados Unidos. Milhões de pessoas foram às ruas para exigir o reconhecimento de seus direitos e também protestar contra Donald Trump. Segundo a publicação do veículo Deutsche Welle (DW), as imagens aéreas foram feitas pelo produtor de cinema e roteirista Kerry Fleming e publicadas no Twitter. É possível averiguar que os mesmos detalhes que aparecem na publicação também estão presentes no vídeo (compare aqui e aqui)

A Marcha das Mulheres foi realizada um dia depois da posse de Donald Trump como presidente dos Estados Unidos. O foco do movimento era a defesa de direitos das mulheres e das minorias, em reação a comentários vistos como misóginos feitos pelo novo presidente americano. Segundo a organização, mais de 500 mil pessoas compareceram aos protestos.

No sábado (14), milhares de partidários de Trump se reuniram no início do dia em Washington para protestar contra o resultado da corrida presidencial. Gritos de “pare o roubo” e “conte todos os votos” eram exclamados, apesar da falta de evidências de fraude eleitoral. Fotos reais do protesto foram publicadas em diversos veículos norte-americanos, a exemplo do Washington Post e USA Today. A CNN publicou um vídeo que mostra imagens aéreas da multidão. As cenas são diferentes da foto analisada nesta checagem.

Nota:‌ ‌esta‌ ‌reportagem‌ ‌faz‌ ‌parte‌ ‌do‌ ‌‌projeto‌ ‌de‌ ‌verificação‌ ‌de‌ ‌notícias‌‌ ‌no‌ ‌Facebook.‌ ‌Dúvidas‌ sobre‌ ‌o‌ ‌projeto?‌ ‌Entre‌ ‌em‌ ‌contato‌ ‌direto‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌‌Facebook‌.

Editado por: Maurício Moraes

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

A Lupa está infringindo esse código? Clique aqui e fale com a IFCN

 

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo