A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: Vídeo de agressão em Magé não está relacionado à votação do 1º turno

| Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
17.nov.2020 | 13h06 |

Circula pelas redes sociais o vídeo de uma agressão ocorrida em Magé (RJ), supostamente no domingo (15), por uma mulher que seria cabo eleitoral do candidato a prefeito do município Rogério do Valle (PL). Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

Eleitora idosa de Magé/RJ apanha, por supostamente ter votado em outro candidato (…)
Legenda de vídeo em post no Facebook que, até as 11h30 de 17 de novembro de 2020, tinha 2,3 mil compartilhamentos

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. A agressão de fato ocorreu em Magé, mas não está relacionada ao 1º turno das eleições municipais. Apesar de o carro em que a agressora estava ter um adesivo dos candidatos a prefeito Rogério do Valle e a vereador Simas Braga (ambos do PL), as investigações feitas pela 65ª DP da Polícia Civil de Magé apontam que o episódio não tem relação com a disputa. A assessoria da Polícia Civil no município, localizado na Baixada Fluminense, disse à Lupa, por e-mail, que as duas mulheres são concorrentes comerciais e uma teria feito críticas à outra em uma rede social. 

O vídeo foi gravado no dia 12 de novembro, no bairro Nova Marília. O carro visto nas imagens pertence à mulher acusada de agressão e não há indícios de que estaria a serviço dos candidatos estampados no adesivo. “Ela [a agressora] foi intimada e compareceu à delegacia, onde prestou esclarecimentos sobre o fato”, disse a 65ª DP, que informou também que a mulher vai responder por lesão corporal. 

O caso também está sendo apurado pela 148ª Promotoria Eleitoral do Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ), informou o órgão à Lupa por e-mail

As assessorias de imprensa de Rogério do Valle e do vereador Simas Braga foram procuradas, mas não responderam até a publicação desta checagem.

Nota: esta‌ ‌reportagem‌ ‌faz‌ ‌parte‌ ‌do‌ ‌‌projeto‌ ‌de‌ ‌verificação‌ ‌de‌ ‌notícias‌‌ ‌no‌ ‌Facebook.‌ ‌Dúvidas‌ sobre‌ ‌o‌ ‌projeto?‌ ‌Entre‌ ‌em‌ ‌contato‌ ‌direto‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌‌Facebook‌.

Editado por: Maurício Moraes

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo