A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

#Verificamos: Vídeo viral não mostra policiais batendo em ‘jovens parisienses que tossiam em passageiros no metrô’

Repórter | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
18.nov.2020 | 18h18 |

Circula pelas redes sociais que a polícia de Paris entrou em conflito com jovens que estariam tossindo em passageiros no metrô durante a pandemia da Covid-19. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

“Aconteceu em Paris. Jovens entraram no metro sem máscaras e começaram a tossir perto dos outros que iam no metro. A polícia foi avisada e foi lá dialogar, pacificamente, com eles. Como se trata de uma Polícia de primeiro mundo, da velha e civilizada Europa, protetora dos direitos humanos, que nunca usa a violência para controlar distúrbios, rapidamente os convenceu a interromper a inocente brincadeira. O comandante da operação repreendeu os meninos, dizendo: – Que coisa feia, meninos, tossir na cara dos outros em época de pandemia…. Creio que eles foram convencidos”
Legenda de vídeo compartilhado no Facebook que, até às 15h do dia 18 de outubro de 2020, tinha sido compartilhado mais de 300 pessoas no Facebook 

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. O vídeo compartilhado no Facebook não mostra a polícia de Paris batendo em jovens no metrô por estarem tossindo perto de outras pessoas durante a pandemia da Covid-19. Na verdade, a gravação foi feita em Bucareste, na Romênia, e mostra agentes de segurança repreendendo torcedores de um time de futebol.

O vídeo foi gravado em 2 de outubro, antes de uma partida de futebol entre dois clubes rivais da capital romena — Steaua e Dínamo București. Torcedores dos dois times entraram em confronto. A polícia foi chamada e parte da torcida do Steaua entrou no metrô para tentar se esconder, assustando os passageiros. Os policiais entraram no metrô e expulsaram os torcedores dos vagões. “Os que se opuseram foram empurrados e arrastados para a plataforma”, conta um portal de notícias (veja aqui e aqui). 

As autoridades locais informaram que cerca de 30 pessoas foram levadas à delegacia para tomar “medidas legais”. Além disso, objetos como facas e fogos de artifício foram encontrados com algumas pessoas detidas. 

Essa informação circulou na Espanha e foi desmentida pela plataforma Maldito Bulo. No Brasil, o Boatos.org também verificou esse conteúdo.

Nota:‌ ‌esta‌ ‌reportagem‌ ‌faz‌ ‌parte‌ ‌do‌ ‌‌projeto‌ ‌de‌ ‌verificação‌ ‌de‌ ‌notícias‌‌ ‌no‌ ‌Facebook.‌ ‌Dúvidas‌ sobre‌ ‌o‌ ‌projeto?‌ ‌Entre‌ ‌em‌ ‌contato‌ ‌direto‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌‌Facebook‌.

Editado por: Chico Marés

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo