A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

Foto: Fotos Públicas
Foto: Fotos Públicas

#Verificamos: Prédios que aparecem em publicação do Facebook não foram ocupados pelo MTST

Repórter (especial para a Lupa) | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
26.nov.2020 | 19h33 |

Circula nas redes sociais uma galeria de imagens que mostra dois edifícios supostamente ocupados pelo Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST). O texto que acompanha as fotos acusa Guilherme Boulos (PSOL), coordenador do movimento e candidato à Prefeitura de São Paulo, de cobrar aluguel dos moradores dos edifícios. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

 

 

“Como ficaria São Paulo na gestão Boulos. Esse é um dos edifícios invadidos pelo MTST.”

Trecho de publicação no Facebook, que até o dia 26 de novembro de 2020, às 17h14, tinha 587 compartilhamentos. 

 

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. Ao contrário do que diz o texto, as fotos apresentam dois prédios distintos. O primeiro, que está em destaque, está localizado na avenida Prestes Maia, número 450, no centro histórico de São Paulo. Já as outras imagens mostram o edifício Prestes Maia, que fica na avenida Prestes Maia, número 911, na região da Luz. Nenhum deles é ocupado pelo MTST.

A Lupa procurou a coordenação do Movimento de Trabalhadores Sem Teto (MTST) e perguntou se os prédios são ocupados por membros do movimento. A coordenação informou, via WhatsApp, que o MTST não tem nenhuma ocupação na região central de São Paulo

O edifício Prestes Maia é uma ocupação e é conhecido por ser a maior dentro de um único prédio na América Latina. No entanto, os moradores do prédio não compartilham relação com o MTST. O movimento que auxilia na organização da ocupação é o Movimento Moradia na Luta por Justiça (MMLJ), como pode ser visto nesta reportagem da Agência EFE

O prédio da avenida Prestes Maia, 450, não é uma ocupação. A Lupa entrou em contato com a loja localizada abaixo do edifício, que informou que o ele abriga residências e algumas salas comerciais

“E o Boulos cobra aluguel”

Trecho de publicação no Facebook, que até o dia 26 de novembro de 2020, às 17h14, tinha 587 compartilhamentos. 

 

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. Em conversa no WhatsApp, a assessoria de imprensa de Guilherme Boulos (PSOL) negou que o candidato cobre aluguel de moradores das ocupações do MTST. A campanha afirmou que a peça de desinformação trata-se de uma reação da campanha de Bruno Covas (PSDB) ao crescimento do candidato nas pesquisas de intenção de voto. Contudo, não há nenhum indício de que o perfil responsável por divulgar esse conteúdo seja ligado à campanha do tucano.

Nota:‌ ‌esta‌ ‌reportagem‌ ‌faz‌ ‌parte‌ ‌do‌ ‌‌projeto‌ ‌de‌ ‌verificação‌ ‌de‌ ‌notícias‌‌ ‌no‌ ‌Facebook.‌ ‌Dúvidas‌ sobre‌ ‌o‌ ‌projeto?‌ ‌Entre‌ ‌em‌ ‌contato‌ ‌direto‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌‌Facebook‌.

Editado por: Chico Marés

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo