Tem certeza que deseja sair da sua conta?
Foto: TSE
Foto: TSE

#Verificamos: É falso que São Paulo teve 5,3 milhões de votos em branco no segundo turno

Repórter (especial para a Lupa) | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
01.dez.2020 | 15h49 |

Circula nas redes sociais que 61,09% do eleitorado paulistano não votou no segundo turno das eleições de 2020. Segundo a tabela que circula na publicação, 5.337.230 pessoas optaram por votar em branco, 273.216 anularam o voto e 2.769.179 se abstiveram — e a soma dessas três categorias seria maior que a votação somada dos candidatos Bruno Covas (PSDB) e Guilherme Boulos (PSOL). Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

“1º Lugar em São Paulo 61,09% (Somando Brancos, Nulos e Abstenções).
[Votos] Brancos: 5.337.230 (38,91%)
[Votos] Nulos: 273.216 (1,99%)
Abstenções: 2.769.179 (20,19%)”
Imagem publicada em post do Facebook que, até as 14h de 1º de dezembro de 2020, tinha mais de 830 compartilhamentos

EXAGERADO

A tabela analisada pela Lupa traz números falsos. O número de votos brancos na capital paulista foi de 273.216, e a quantidade de votos nulos foi de 607.062. A quantidade de abstenções está correta. A soma dessas três categorias representa 3.649.457 eleitores — representando 40,6% do total de pessoas aptas a votar nesta eleição (8.986.687), e não 61,09% citados no post. O total de abstenção em São Paulo, de 30,81%, foi o maior registrado em segundo turno desde 1996.

O número de votos brancos citados no post é, na verdade, a soma total dos votos válidos obtidos no segundo turno pelos candidatos Bruno Covas (PSDB) e Guilherme Boulos (PSOL), segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Juntos, os dois receberam 5.337.230 votos. O prefeito Covas foi reeleito com 3.169.121 (59,38% dos votos válidos); Boulos, derrotado, conseguiu 2.168.109 (40,62% dos votos válidos).

Nota:‌ ‌esta‌ ‌reportagem‌ ‌faz‌ ‌parte‌ ‌do‌ ‌‌projeto‌ ‌de‌ ‌verificação‌ ‌de‌ ‌notícias‌‌ ‌no‌ ‌Facebook.‌ ‌Dúvidas‌ sobre‌ ‌o‌ ‌projeto?‌ ‌Entre‌ ‌em‌ ‌contato‌ ‌direto‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌‌Facebook‌.

Editado por: Chico Marés

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

A Lupa está infringindo esse código? Clique aqui e fale com a IFCN

 

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo