A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

Foto: Reprodução vídeo
Foto: Reprodução vídeo

#Verificamos: Vídeo de pessoas comprando sapos em caçamba de caminhonete não foi gravado na China

Repórter (especial para a Lupa) | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
16.dez.2020 | 19h34 |

Circula nas redes sociais um vídeo com pessoas comprando sapos em uma caçamba de caminhonete. O texto afirma que as imagens foram feitas na China, após a “volta à normalidade” no país. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

print-sapo-china-pandemia

“Enquanto isso na China, tudo voltando a normalidade, até o carro do sapo já está passando em todas as ruas…”

Texto que acompanha vídeo publicado no Facebook que, até às 17h50 do dia 16 de dezembro de 2020, tinha sido compartilhado por mais de 12 mil pessoas.

FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. O vídeo não foi gravado na China, mas sim na Tailândia. No primeiro frame da gravação é possível ver que a placa da caminhonete é de Khon Kaen, uma província tailandesa. Os alfabetos usados nos dois países são completamente diferentes.

O vídeo tampouco tem qualquer relação com a “volta à normalidade” no pós-pandemia. A gravação já circulava na internet em 4 de abril de 2019 e, portanto, antecede o surto de Covid-19. O vírus só foi identificado em janeiro de 2020.

A Lupa identificou que o vídeo está sendo usado para a construção de diversas peças de desinformação há pelo menos sete meses, incluindo esta, esta e esta, que associou a cena aos peruanos. 

Em maio, a AFP Singapura checou publicação semelhante.

Nota:‌ ‌esta‌ ‌reportagem‌ ‌faz‌ ‌parte‌ ‌do‌ ‌‌projeto‌ ‌de‌ ‌verificação‌ ‌de‌ ‌notícias‌‌ ‌no‌ ‌Facebook.‌ ‌Dúvidas‌ sobre‌ ‌o‌ ‌projeto?‌ ‌Entre‌ ‌em‌ ‌contato‌ ‌direto‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌‌Facebook‌.

Editado por: Chico Marés

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

A Lupa está infringindo esse código? Clique aqui e fale com a IFCN

 

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo