A PRIMEIRA AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL

Foto: Casa Rosada
Foto: Casa Rosada

#Verificamos: Foto de Cristina Kirchner sendo vacinada sem máscara é de 2013

Editor | Rio de Janeiro | lupa@lupa.news
04.jan.2021 | 18h34 |

Circula nas redes sociais uma foto da vice-presidente da Argentina, Cristina Kirchner, sendo vacinada. A legenda insinua que ela estaria recebendo a vacina contra a Covid-19 sem usar máscara. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

“A vice-presidente argentina é a primeira mulher a ser vacinada sem agulha, sem luvas e sem seringa, também sem máscara, nem a enfermeira nem ela. O Natal é mágico !!”
Legenda de imagem publicada no Facebook que, até as 17h do dia 4 de janeiro de 2021, tinha sido compartilhada por mais de 400 pessoas

FALSO

A imagem analisada pela Lupa é antiga e não tem relação alguma com a Covid-19. A foto é de uma campanha de vacinação contra a gripe de março de 2013, quando Cristina Kirchner era presidente da Argentina. Retrato está no site da Casa Rosada, sede do poder Executivo do país, e no Twitter de Cristina — que atualmente é vice-presidente.

A Argentina começou a vacinar sua população contra a Covid-19 em 29 de dezembro de 2020. Pela ordem de prioridade definida pelo governo do país, as primeiras pessoas vacinadas serão os profissionais de saúde, seguidos dos idosos maiores de 70 anos e/ou residentes em lares para idosos e, somente depois disso, pessoas entre 60 e 69 anos. Cristina tem 67 anos e, portanto, se enquadra no terceiro grupo. Não há registro de que ela tenha sido vacinada contra o novo coronavírus.

Atual vice-presidente da Argentina, Cristina governou o país entre 2007 e 2015. Ela também foi senadora e deputada federal e é viúva do ex-presidente Néstor Kirchner — presidente entre 2003 e 2007.

Essa informação também foi verificada pelas plataformas de checagem Aos Fatos, Estadão Verifica e AFP Checamos. Na Argentina, o Chequeado também avaliou essa peça de desinformação.

Nota:‌ ‌esta‌ ‌reportagem‌ ‌faz‌ ‌parte‌ ‌do‌ ‌‌projeto‌ ‌de‌ ‌verificação‌ ‌de‌ ‌notícias‌‌ ‌no‌ ‌Facebook.‌ ‌Dúvidas‌ sobre‌ ‌o‌ ‌projeto?‌ ‌Entre‌ ‌em‌ ‌contato‌ ‌direto‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌‌Facebook‌.

Editado por: Marcela Duarte

O conteúdo produzido pela Lupa é de inteira responsabilidade da agência e não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.

A Agência Lupa é membro verificado da International Fact-checking Network (IFCN). Cumpre os cinco princípios éticos estabelecidos pela rede de checadores e passa por auditorias independentes todos os anos

A Lupa está infringindo esse código? Clique aqui e fale com a IFCN

 

Esse conteúdo foi útil?

1 2 3 4 5

Você concorda com o resultado desta checagem?

Sim Não

Leia também

SIGNATORY- International Fact-Checking Network
Etiquetas
VERDADEIRO
A informação está comprovadamente correta
VERDADEIRO, MAS
A informação está correta, mas o leitor merece mais explicações
AINDA É CEDO PARA DIZER
A informação pode vir a ser verdadeira. Ainda não é
EXAGERADO
A informação está no caminho correto, mas houve exagero
CONTRADITÓRIO
A informação contradiz outra difundida antes pela mesma fonte
SUBESTIMADO
Os dados são mais graves do que a informação
INSUSTENTÁVEL
Não há dados públicos que comprovem a informação
FALSO
A informação está comprovadamente incorreta
DE OLHO
Etiqueta de monitoramento
Seções
Arquivo